Festa dupla para Fábio: marca histórica de jogos e vitória em Brasília

Fábio superou o lendário goleiro Raul Plassmann e agora é o maior da posição da história da Raposa, em número de jogos

iG Minas Gerais | thiago prata |

Fábio foi um dos principais nomes na conquista do título nacional de 2013
Washington Alves/VIPCOMM
Fábio foi um dos principais nomes na conquista do título nacional de 2013

Neste sábado, contra o Atlético-PR, Fábio se tornou o goleiro que mais vezes vestiu a camisa do Cruzeiro, com 558 jogos, um a mais que Raul Plassmann, que brilhou pelos celestes nos anos 60 e 70. E nada melhor do que uma vitória para comemorar uma marca expressiva.

O expresso estrelado tratou de presentear o arqueiro com um triunfo, de virada, por 3 a 2. Um prêmio a quem sempre honrou as cores do clube.

“Agradeço a Deus, que me proporcionou todo esse tempo no Cruzeiro. Agradeço minha família, a nação azul e meus companheiros. Todos têm uma parcela nessa marca importante de 558 jogos”, declarou Fábio, que comemorou muito a vitória da noite deste sábado.

“Deus me abençoou e capacitou os jogadores que lutaram até o final, e a torcida que compareceu. A nação azul fez a festa aqui em Brasília”, destacou o goleiro.

Titular do Cruzeiro desde 2005, Fábio é o maior ídolo da história recente do clube. Pela Raposa, conquistou os títulos do Brasileirão de 2013, da Copa do Brasil de 2000, e dos Mineiros de 2006, 2008, 2009, 2011 e 2014, além de ter sido fundamental para salvar o time celeste do rebaixamento no Nacional em 2011.

Na lista de atletas com mais jogos pelo Cruzeiro, está atrás apenas de Zé Carlos (633 jogos), Dirceu Lopes (610) e Piazza (566)

Leia tudo sobre: cruzeirofábiorecorde