Recuperado, Khedira é relacionado no Real Madrid

No confronto contra o Valencia, o volante retorna depois de uma grave lesão no joelho direito

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Khedira sofreu uma ruptura nos ligamentos do joelho durante um amistoso da Alemanha contra a Itália
Reprodução/Real Madrid
Khedira sofreu uma ruptura nos ligamentos do joelho durante um amistoso da Alemanha contra a Itália

O Real Madrid terá uma novidade para o confronto diante do Valencia, neste domingo, em casa, pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol. O volante Sami Khedira, recuperado de grave lesão no joelho direito, voltou a ficar à disposição de Carlo Ancelotti, foi relacionado e pode voltar a jogar depois de quase seis meses.

Khedira sofreu uma ruptura nos ligamentos do joelho durante um amistoso da Alemanha contra a Itália e passou por cirurgia em novembro do ano passado. Depois de um longo período de recuperação, o jogador finalmente voltou a treinar e agora pode reforçar o time. "Amanhã o Khedira estará disponível, ficará no banco", disse Ancelotti.

A volta do jogador pode ser uma boa notícia também para a final da Liga dos Campeões, diante do Atlético de Madrid, no próximo dia 24. O Real não poderá contar com Xabi Alonso, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, para este confronto e Khedira, se estiver em forma, é o favorito para ficar com a vaga.

 

Casillas

Se Khedira é a novidade para pegar o Valencia, o Real já tem uma mudança prevista para o duelo com o Valladolid, na quarta-feira. O goleiro Casillas voltará a ser titular de uma partida da equipe no Campeonato Espanhol, na vaga de Diego López após mais de um ano de ausência na competição.

Desde que assumiu o Real, Ancelotti havia adotado o rodízio de goleiros, com Casillas titular na Liga dos Campeões e Diego López atuando no Espanhol. Com a proximidade da decisão do torneio continental, no entanto, o treinador decidiu promover Casillas à titularidade na próxima quarta para dar-lhe mais ritmo de jogo.

"Eu falei com eles e ambos estavam de acordo. Casillas precisa jogar neste mês. Não me parecia justo deixá-lo fora durante um mês para preparar para a final", disse Ancelotti, confirmando a primeira partida do experiente goleiro de 32 anos no Campeonato Espanhol desde janeiro de 2013.

Leia tudo sobre: khedirareal madridcontusãoretornocampeonato espanhol