Sem Ganso, São Paulo põe à prova novo estilo de jogo

Contra o Coritiba, Muricy Ramalho escala equipe sem meias em aposta inédita no tricolor

iG Minas Gerais | Agência Estado |

O técnico Muricy Ramalho vai mudar radicalmente o estilo de jogo do São Paulo para este sábado, às 18h30, contra o Coritiba, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Para ter mais velocidade e jogadas pelas pontas, deixa Ganso na reserva, opta por Pabon e escala a equipe sem meias de ligação.

A aposta é inédita no time tricolor neste ano e é mais uma tentativa do treinador para achar o acerto ideal. O esquema 4-3-3 volta a ser usado, depois do 4-4-2 das últimas partidas ser deixado de lado, juntamente com os dois jogadores que eram os responsáveis por fazer a criação. Ganso e Boschilia ficarão no banco de reservas neste sábado.

“Vimos os três últimos jogos do Coritiba e eles jogam bem fechados, marcam forte. Não dá para insistir em jogadas por dentro. Temos que ir pelos lados do campo e em velocidade”, explicou Muricy ontem.

Para ajudar nesse plano, Osvaldo ganha chance para atuar pelo lado esquerdo do ataque e formar o trio com Luis Fabiano e Alexandre Pato. Outra mudança é o lateral-direito Luis Ricardo no lugar de Douglas, lesionado na coxa esquerda.

O novo estilo de jogo veloz vai exigir mais participação coletiva. A formação treinou junta na quinta-feira e na atividade os volantes Maicon e Souza apoiaram bastante para ajudar na criação de jogadas pelo meio, já que Pabon ficou mais aberto pela direita.

Fora a opção de jogar pelos lados, também pesou para a saída de Ganso as atuações irregulares recentes. Contra o CRB e o Cruzeiro o meia participou pouco do jogo e fez o técnico demonstrar descontentamento com o camisa 10 ao ser perguntado da sua ausência para este sábado. “O futebol muda demais. Às vezes alguém surpreende, mas o técnico tem de sempre acreditar em alguma coisa que o jogador pode mostrar”, comentou.

Na véspera da partida, o São Paulo dispensou fazer um treino tático com a formação e o elenco foi a campo apenas para jogar futevôlei. Muricy explicou que a opção pela atividade recreativa foi para minimizar o desgaste da semana de treinos.

Em segundo lugar no Brasileiro, o São Paulo precisa da vitória para dar mais tranquilidade para a próxima semana, que terá compromissos decisivos. O primeiro é na quarta-feira, quando recebe o CRB-AL pela Copa do Brasil e precisa vencer para evitar o vexame de uma eliminação precoce logo na segunda fase do torneio. Na sequência, a equipe vai enfrentar o Corinthians na Arena Barueri.

Leia tudo sobre: muricy ramalhosão paulogansocampeonato brasileiro