Policial é morto em troca de tiros na Linha Amarela, no Rio de Janeiro

De acordo com a Polícia Militar, seu carro estava na contramão, sentido Barra da Tijuca; depois de baleado, ele perdeu a direção do veículo, que capotou e bateu em uma mureta

iG Minas Gerais | Da Redação |

O policial militar Wallace Carlos Pouchet, de 37 anos, foi morto com um tiro na cabeça na madrugada deste sábado. Ele trafegava pela Linha Amarela em um Fiat Uno, quando foi perseguido e trocou tiros com ocupantes de outro carro. De acordo com a Polícia Militar, o carro de Pouchet estava na contramão, sentido Barra da Tijuca. Depois de baleado, o policial perdeu a direção do Uno, que capotou e bateu em uma mureta. A lataria do carro do policial tem diversas marcas de tiros. Segundo policiais da Divisão de homicídios, os disparos foram feitos, em sua maioria, de dentro do veículo. A arma de Pouchet estava ao seu lado. Os investigadores vão pedir as imagens das câmeras de segurança da concessionária Lamsa, que administra a Linha Amarela. Pouchet era lotado no 16º Batalhão da Polícia Militar (Olaria). Agência Estado

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave