Bem-trabalhada, web orienta o eleitor

iG Minas Gerais | Larissa Arantes |

A internet também pode trabalhar a favor dos órgãos públicos e disseminar boas iniciativas, como é o caso da campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre as eleições de outubro. Como já é de praxe em anos eleitorais, desde o início de 2014, o órgão tem divulgado no rádio, na televisão e nas redes sociais diversas peças publicitárias educativas sobre o pleito, informando o que é permitido ou não pela legislação eleitoral e ainda incentivando a participação de mulheres e jovens, por exemplo. A diferença deste ano, no entanto, é a aproximação principalmente com internautas familiarizados com os recursos das redes sociais.

A linguagem escolhida nas campanhas desse ano foca até mesmo nas famosas hashtags. Nos banners divulgados no Facebook, o slogan #vempraurna simula as palavras de ordem utilizadas pelos jovens que foram às ruas no ano passado protestar contra as condições sociais no Brasil e o gasto de recursos públicos com estádios e outros equipamentos para a Copa do Mundo.

O #vemprarua dominou as manifestações de junho e teve origem em uma propaganda de uma montadora de veículos que, coincidentemente, foi veiculada na mesma época e acabou virando uma das principais expressões utilizadas pelos manifestantes.

“As campanhas institucionais têm que estar cada vez mais próximas da realidade das pessoas para serem efetivas”, explicou a analista de mídias sociais Luciana Andrade Gomes. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave