Cidades menores receberão 77% dos novos shoppings

Previsão é que 56 novos malls sejam abertos no país até 2015, quatro em Minas Gerais

iG Minas Gerais | Pedro Grossi |

Novo. O shopping Monte Carmo, em Betim, é um dos grandes empreendimentos inaugurados nos últimos anos na região de BH
Moisés Silva
Novo. O shopping Monte Carmo, em Betim, é um dos grandes empreendimentos inaugurados nos últimos anos na região de BH

A cada duas semanas, um novo shopping será inaugurado no Brasil. Até 2015, serão 56 novos centros comerciais e, até 2017, 103 novos malls serão inaugurados. Desse total, 77% serão abertos em cidades do interior ou com menos de 500 mil habitantes, locais considerados a nova fronteira a ser desbravada pelo setor. De todos os novos empreendimentos previstos para os próximos dois anos, apenas quatro serão em Minas Gerais – todos em cidades com até meio milhão de pessoas, de acordo com levantamento realizado pela Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce).  

O instituto Ibope Inteligência fez um levantamento do perfil dos novos empreendimentos. A conclusão é que municípios com até 500 mil habitantes têm sido o foco dos empreendedores. O levantamento do Atlas do Shopping, ferramenta desenvolvida pelo Ibope Inteligência, mostra que, dos 36 empreendimentos já inaugurados no ano passado, 42% estão em cidades desse porte. Para 2014, a previsão é que 73% das inaugurações sejam em municípios com esse perfil.

Há dois fatores principais que levam os investimentos para fora dos grandes centros, de acordo com o coordenador de geonegócios do Ibope Inteligência, Fabio Caldas. “O primeiro é a falta de espaço nas metrópoles, já que um shopping requer um terreno com ao menos 10 mil metros quadrados. O segundo aspecto é que quando existem esses espaços, o preço do terreno é tão alto que inviabiliza o projeto”.

Em cinco anos, entre 2008 e 2013, o faturamento do setor praticamente dobrou, passando de R$ 64,6 bilhões para R$ 129 bilhões. No período, o número de shoppings passou de 376 para 495. Hoje, o setor é responsável pela geração de 843 mil empregos.

Formalizada em 2012, a joint venture entre a HSI e a Saphyr Shopping Center projetou investir R$ 840 milhões na construção de cinco shoppings em quatro anos – todos em cidades de porte médio. Em Minas, o grupo foi responsável pela construção do shopping Monte Carmo, inaugurado este mês, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, e que demandou investimentos de R$ 200 milhões.

Esses novos shoppings, concebidos para cidades menores, usam como estratégia para se consolidar nos municípios dar cores locais ao empreendimento. Exemplo disso é o próprio Monte Carmo, que herdou o nome da capela que existia no local onde o shopping foi erguido. Outro exemplo é o Uberlândia Shopping, inaugurado em 2012, que tem a decoração inspirada no cerrado mineiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave