Tata Martino defende Pep Guardiola: 'Espanha tem o mesmo estilo'

Treinador do Barcelona defendeu o comandante do Bayern de Munique, que tem sofrido várias críticas após a eliminação na Champions League

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Tata Martino defendeu Pep Guardiola
COPA AMÉRICA/SITE OFICIAL
Tata Martino defendeu Pep Guardiola

Coube a Tata Martino ser, nesta sexta-feira, o advogado de Pep Guardiola, bastante criticado, especialmente na Espanha, pelo tiki-taka que consagrou no Barcelona, que rendeu o título alemão com vantagem recorde, mas que acabou batido pelo contra-ataque do Real Madrid de Carlo Ancelotti na semifinal da Liga dos Campeões.

"Parece que há a necessidade de enterrar um estilo para dar lugar ao novo estilo que se impõe. Não estou de acordo. Às vezes se ganha, às vezes se perde. Não há porque desacreditar um estilo que marcou a história, um estilo que vão seguir vendo com a seleção espanhola. Se criticam Guardiola e seu estilo de toque e passe curto, suponho que queiram que em dois meses a seleção (espanhola) perca", argumentou Tata.

O argentino herdou, de certa forma, o trabalho de Guardiola. O espanhol deixou o clube há dois anos, dando lugar a Tito Vilanova, recentemente falecido. Martino chegou a Barcelona no início da temporada e tem sido constantemente cobrado para repetir o trabalho de seus antecessores.

"Não há a necessidade de criticar fazendo uma comparação permanente com Guardiola ou com a forma de jogar. O que ele fez aqui foi o melhor da história do futebol e isso é motivo de orgulho para o futebol. Agora ele perdeu diante de uma grande equipe como o Real. Para elogiar o Real, parece que tem que se criticar o Guardiola", reclamou Martino, falando especialmente da imprensa esportiva da capital espanhola.