Mourinho rebate Hazard: 'Não se sacrifica pelo time'

Após meia criticar postura defensiva do Chelsea, técnico disse que ele não está disposto a colaborar com a marcação

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Mourinho segue em sua tática de desestabilizar os rivais com 'jogos mentais'
PÁGINA OFICIAL/DIVULGAÇÃO
Mourinho segue em sua tática de desestabilizar os rivais com 'jogos mentais'

O técnico José Mourinho não deixou quieta a crítica que recebeu o meia Eden Hazard pelo esquema tático defensivo armado por ele na derrota para o Atlético de Madrid, por 3 a 1, em Londres, que eliminou o time inglês da Liga Europa. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, afirmou que seu jogador não se dedica ao time.

"Quando os comentários vêm de um jogador como Eden, é normal, porque ele não é o tipo de jogador que se sacrifica pela equipe" cutucou Mourinho. A crítica é principalmente porque Hazard, que vinha de uma lesão na panturrilha, não voltou para marcar o lateral Juanfranco, responsável pelo cruzamento para o primeiro gol do Atlético de Madrid, marcado por Adrián.

"Normalmente esse tipo de comentário vem de jogadores como ele, que não podem resolver um problema como o que tivemos no primeiro gol. Eden é o tipo de jogador que não está mentalmente predisposto a acompanhar o lateral esquerdo e dar a vida por ele", reforçou Mourinho.

Em fevereiro, Mourinho encheu o belga de elogios depois da grande atuação de Hazard na vitória por 1 a 0 sobre o Manchester City. Na época, disse que seu jogador era o melhor jovem do mundo. Agora o discurso é outro. "Não estou contente. Falei com ele durante toda a temporada e ele precisa melhorar."

Na quinta, um dia depois da eliminação, Hazard disse que o time inglês "não é feito para jogar futebol. Nós somos bons no contra-ataque, um pouco contra o Real contra o Bayern. Fomos bem depois que abrimos o placar, mas o gol deles antes do intervalo machucou".

Leia tudo sobre: mourinhohazardchelseaingles