Ex-cruzeirense visita a Toca II depois de eliminar o Atlético

Volante Diego Arias, que passou pelo Cruzeiro em 2012, atua pelo Nacional-COL e revelou sabor especial de vencer o ex-rival

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Diego Arias visitou a Toca da Raposa II nesta manhã e comemorou classificações do ex e do atual time
Cruzeiro/Divulgação
Diego Arias visitou a Toca da Raposa II nesta manhã e comemorou classificações do ex e do atual time

Ex-jogador do Cruzeiro, mas com passagem apagada, o colombiano Diego Arias prestou o seu melhor serviço à Raposa e sua torcida quando não mais vestia a camisa azul. O volante, atualmente no Nacional de Medellín-COL, ajudou seu time a eliminar o rival celeste, Atlético, da Copa Libertadores, nessa quarta-feira, em pleno Independência.

Arias aproveitou a estadia em Belo Horizonte para visitar seu ex-clube, provando que, apesar de ter ficado  uma temporada na Toca II e ter participado de apenas três jogos, em 2012, não guardou mágoas. O volante comentou sobre a eliminação imposta por seu time ao Galo, que um dia foi seu rival, e disse que a classificação teve sabor especial.

“Estou muito feliz por poder cumprimentar a galera do Cruzeiro, onde eu tenho muitos amigos. O jogo contra o Atlético foi muito difícil. Fiquei muito feliz pela vaga nas quartas de final também porque eu sei que eles são o grande rival do Cruzeiro, então acredito que foi uma classificação especial”, disse o jogador ao site oficial do clube.

Além do encontro com o ex-rival, Diego Arias pode cruzar com seu ex-time na Libertadores. Se Cruzeiro e Nacional de Medellín-COL avançarem para a semifinal da Libertadores, mineiros e colombianos se enfrentarão por uma vaga na grande final. O volante espera ansioso para que este reencontro aconteça.

“A gente viu muitos jogos do Cruzeiro, principalmente no ano passado, quando foi campeão brasileiro. Agora na Copa Libertadores, os jogadores (da Raposa) estão jogando muito bem também. Se Deus quiser, vamos nos encontrar e se isso acontecer, tenho certeza que vai ser um lindo jogo”, projetou.

Para que os planos de Diego Arias se realizem, seu time deverá passar pelos uruguaios do Defensor, enquanto o Cruzeiro terá que eliminar o time do Papa, o San Lorenzo-ARG, nas quartas de finais.

Leia tudo sobre: cruzeiroatleticogaloraposaLIBERTADORESvolantediego ariasnacionalmedellincolombia