Reajuste custará R$ 5,3 bilhões

iG Minas Gerais |

São Paulo. A correção em 4,5% da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) vai custar aos cofres do governo R$ 5,3 bilhões. Esse é o tamanho da renúncia fiscal em 2015 com a adoção da medida. A informação é do Ministério da Fazenda, que divulgou nota com os valores da nova tabela.  

A nova tabela de incidência e os limites de deduções do IRPF passam a vigorar para este ano, para quem declarar em 2015.

Nesta sexta, a Receita Federal vai reabrir o sistema para envio de declarações do IR de 2013, para os contribuintes que não entregaram o formulário no prazo, que terminou no dia 30 de abril. Um total de 26,88 milhões de contribuintes enviaram a declaração este ano, número pouco abaixo da estimativa da Receita, que esperava receber 27 milhões de formulários.

Quem não enviou o documento dentro do prazo terá que pagar multa de R$ 165,74 ou 1% do imposto devido por mês de atraso, até atingir o máximo de 20% do imposto devido.

Quem já havia baixado o aplicativo no computador não terá que instalar novamente o programa, que já está atualizado para cálculo da multa e para impressão da guia de pagamento para quem entregar com atraso.

O pagamento das restituições de 2013 começará em junho e será feito em sete lotes mensais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave