Kalil chama responsabilidade da eliminação para si: 'Fiz lambanças'

Presidente considerou um erro o planejamento da equipe até este começo de maio, mas acredita que pode fechar seu mandato de forma positiva

iG Minas Gerais | Da redação |

Alexandre Kalil pediu para a torcida não colocar a culpa em nenhum jogador ou treinador
Bruno Cantini/CAM
Alexandre Kalil pediu para a torcida não colocar a culpa em nenhum jogador ou treinador
Eliminado da Libertadores da América justamente um ano depois de conquistar o título, o presidente do Atlético não se escondeu, deu a cara a tapa e ainda confessou que cometeu um grande erro em trazer Paulo Autuori e desperdiçar quatro meses de 2014. O mandatário colocou ele mesmo com o único culpado pela saída do Galo diante do Nacional de Medellín, na noite desta quinta-feira.   "Sou responsável por tudo que aconteceu, não culpem ninguém, eu fiz lambanças este ano, quando alguém for fazer o comentário de quem é culpado, é o presidente Alexandre Kalil, que só começou o ano no dia primeiro de maio e isso é um absurdo. Um presidente experiente como eu, cinco anos de mandato, fazer uma bobagem dessa..."   O Atlético, com Paulo Autuori, acabou perdendo a final do Campeonato Mineiro diante do Cruzeiro. Pressionado diante do Atlético Nacional, na Colômbia, acumulou uma nova derrota, que o derrubou do cargo. Kalil havia anunciado o treinador ainda em 2013, após a saída de Cuca para o futebol da China.   Kalil está no seu último ano de mandato e, por isso, não tem muito tempo para lamentar. Colocando total confiança no trabalho de Levir Culpi, o cartola acredita em ainda fazer um bom ano em campo.   "Nós queríamos, tinhamos capacidade para ser bicampeões e ter alegria de levantar a taça novamente. Mas o trabalho será mais duro agora, o presidente vai ter de pensar mais no clube, é o gás final dele", afirmou o presidente alvinegro, que reiterou sua dor pela eliminação e a esperança de dias melhores na Cidade do Galo:   Jogamos quase quatro, cinco meses no lixo, quero pedir desculpas para a torcida do Atlético, estou muito triste, amargurado, mas vamos ter alegrias este ano, conheco o treinador que chegou, conheço o grupo, todos estão querendo, apresentando".

Leia tudo sobre: alexandre kalilatleticolibertadores 2014