Família recebe colombianas ‘pé quentes’ e espera vitória do Nacional

Garotas de 15 anos, da Colômbia, estão no Brasil po um intercâmbio escolar e ião assistir time do coação no Horto

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Duas intercambistas de Medellín que assistiram a vitória do Nacional na Colômbia, agora vieram ver o jogo em BH
FERNANDO ALMEIDA/WEBREPÓTER
Duas intercambistas de Medellín que assistiram a vitória do Nacional na Colômbia, agora vieram ver o jogo em BH

Uma família de brasileiros ‘reforçará’ a torcida do Nacional de Medellín-COL na noite desta quinta-feira no jogo contra o Atlético, no Independência, pela Copa Libertadores.

Entre os torcedores colombianos vestidos de verde e branco que formavam a fila para entrar no Gigante do Horta estava o engenheiro Francisco Rocha, sua esposa e filhos e o motivo para torcer para o Nacional era simples: Mariana e Sofia, as duas intercambistas colombianas de 15 anos, que vieram direto de Medellín para vivenciar o Brasil e, claro, torcer pelo time de seu país.

E a dupla de garotas estrangeiras mostrou ser ‘pé quente’, já que estava no duelo de ida, que terminou com vitória do Nacional por 1 a 0.

“Estou com duas intercambistas de Medellín que assistiram a vitória deles lá na Colômbia e agora vieram ver a classificação aqui. Este intercâmbio acontece por meio do Colégio Sagrado Coração de Maria. Foi um grupo de alunos para Medellín e agora vieram nove alunos para Belo Horizonte. Estou com meus filhos, que estudam na escola também”, contou Francisco, que espera o triunfo colombiano.

“Expectativa é dar o Atlético de Medellín; estamos na torcida e acreditamos na vitória”, disse, admitindo temer um pouco pela segurança de sua ‘reforçada’ família.

“Temos um certo medo de ter alguma confusão, mas acredito que terminará tudo bem; senão eu nem os traria para o jogo”, finalizou.

A partida entre Atlético e Nacional de Medellín terá início às 19h15, no Independência. O Galo precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para chegar às quartas de final do torneio sul-americano.

Leia tudo sobre: atleticogaloLibertadoesnacionalindependência