Alvaro Pereira vê São Paulo com obrigação de vencer

Lateral não abre mão de um resultado positivo sobre o Coritiba para que o Tricolor siga nas cabeças na tabela do Brasileiro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Alvaro Pereira mal chegou e já conquistou a confiança de Muricy Ramalho
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/REPRODUÇÃO
Alvaro Pereira mal chegou e já conquistou a confiança de Muricy Ramalho

As duas primeiras rodadas do Brasileirão foram positivas para o São Paulo, que conquistou uma vitória e um empate, e assim, ocupa a vice-liderança do campeonato. Na próxima rodada, o time recebe o Coritiba, no Pacaembu, e nos planos do lateral-esquerdo Álvaro Pereira, a vitória é obrigação para a equipe continuar na briga na parte de cima da tabela.

"Temos a obrigação de vencer. Jogamos em casa e temos de tratar de fazer a maior quantidade de pontos antes da Copa, para depois encarar a segunda parte do Brasileirão com tranquilidade. Não podemos perder pontos agora para depois ficar arrependidos", disse o jogador. O time vem de um empate em 1 a 1 com o Cruzeiro fora de casa, conquistado com um gol no último minuto, que deu ao elenco ânimo tentar manter a invencibilidade no torneio.

O lateral só lamenta não que o jogo contra o Coritiba não será no Morumbi, que recebe os preparativos para o show da banda One Direction. "No Morumbi o time e a torcida se sentem em casa. Uma pena não poder jogar lá. O Pacaembu é um bom estádio também, tem campo bom e esperamos que o público compareça", afirmou.

O São Paulo vai atuar ainda mais duas vezes como mandante longe do seu estádio. Na quarta-feira, volta ao Pacaembu para receber o CRB, pela segunda fase da Copa do Brasil. E no dia 11, faz o clássico com o Corinthians na Arena Barueri.

Além de pedir empenho nas rodadas do Brasileirão que antecedem a Copa, o jogador uruguaio vive a expectativa de ser convocado para o seu segundo Mundial. Apesar da ansiedade, Álvaro descartou se poupar para evitar que possíveis lesões o tirem da lista do técnico Óscar Tabárez. "Tenho que treinar dia a dia e não posso 'tirar o pé'. Se eu estiver na seleção, é porque estou fazendo bem as coisas no São Paulo para não perder espaço no Uruguai", comentou.

Leia tudo sobre: sao pauloalvaro pereiralateralbrasileirofutebol