Muricy tira Ganso e testa Pabon e Osvaldo no São Paulo

Treinador deve escalar nova dupla no duelo deste sábado, com o Coritiba, a fim de aplicar velocidade ao ataque tricolor

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Muricy afirmou que o time está crescendo e no caminho certo
Rubens Chiri/São Paulo
Muricy afirmou que o time está crescendo e no caminho certo

O São Paulo deve ter uma nova formação para enfrentar o Coritiba sábado, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio do Pacaembu. O técnico Muricy Ramalho já havia tirado do time o meia Boschilia e nesta quinta-feira, no CT da Barra Funda comandou um jogo-treino contra a equipe Sub-20 do clube em que Paulo Henrique Ganso também foi retirado. No lugar da dupla, entraram os atacantes Pabon e Osvaldo.

Com a mudança, o treinador espera que o time ganhe em movimentação e velocidade. A dupla atuou bem aberta pelos lados do campo, quase junto dos laterais. Osvaldo caiu pela esquerda na companhia do uruguaio Álvaro Pereira e Pabón ficou próximo de Luis Ricardo. No treino, as duas duplas se alternavam na hora de atacar e boa parte da criação das jogadas teve a ajuda dos volantes Maicon e Souza.

No dia anterior, Muricy havia rascunhado o time no esquema tático 4-3-3, o mesmo usado no começo do Campeonato Paulista. A formação desta quinta-feira, com a ausência de meias de origem, é novidade na temporada. Nos últimos jogos o São Paulo atuou no 4-4-2.

A equipe foi escalada no jogo-treino com Rogério Ceni; Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Souza, Maicon, Pabón e Osvaldo; Alexandre Pato e Luis Fabiano. Ganso entrou no time titular somente na parte final da atividade, na vaga de Pabon.

A atividade foi acompanhada de perto pelo piloto da Williams Felipe Massa. Torcedor do clube, ele levou ao treino o filho Felipe que bateu bola no CT. Massa ficou ao lado do campo durante parte da atividade e conversou com os jogadores e o técnico.

Leia tudo sobre: sao paulotricolormuricytecnicopabonosvaldo