Bêbado bate BMW, liga para PM, diz que carro foi roubado e é detido

Aos militares, homem disse que ligou para o pai e contou do acidente, mas ele 'se confundiu' com a informação do filho e ligou para a polícia

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um jovem de 24 anos pode responder por falso comunicação de crime após bater sua BMW no bairro Sagrada Família, na região Leste de Belo Horizonte, na manhã desta quinta-feira (1º)  e acionar a Polícia Militar dizendo que havia sido assaltado. O homem apresentava sinais de embriaguez.

De acordo com a corporação, moradores da rua Conselheiro Lafaiete entraram em contato informando que uma BMW colidiu contra o muro de uma residência. Após o acidente, o motorista fugiu.

Depois disso, militares receberam um comunicado de roubo de carro. Na denúncia, o solicitante informou que havia sido rendido por bandidos na avenida Assis Chateaubriand, no bairro Floresta, na mesma região.

Com as características dos veículos, policiais descobriram que as duas histórias eram do mesmo carro e chegaram a Filipi Andrade Rotondo, que foi localizado próximo ao local do acidente e foi reconhecido pela testemunha como o homem responsável pela colisão.

Ao ser questionado, o jovem disse que, depois da batida, ligou para o pai e contou o que havia acontecido. No entanto, ele teria “se confundido” com as declarações do filho e pensou que a BMW tivesse sido roubada.

Conforme boletim de ocorrência, Rotondo apresentava sinais de embriaguez, mas se recusou a passar pelo teste do bafômetro. Ainda segundo testemunhas, durante o período que o carro ficou sozinho, um homem, não identificado, pegou uma garrafa de bebida que estava no veículo.

Rotondo foi encaminhado à Central de Flagrantes (Ceflan).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave