Policial que atirou contra jovem no bairro São Bernardo é liberado

Justiça Militar considerou que profissional agiu em legítima defesa; vítima, que teria problemas mentais, segue internada, mas não corre risco de morte

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Cidades - Super - Belo Horizonte - MG
Populacao incendeia onibus depois de menino ter sido baleado no bairro Sao Bernardo . 

FOTO: JOAO GODINHO / O TEMPO
Cidades - Super - Belo Horizonte - MG Populacao incendeia onibus depois de menino ter sido baleado no bairro Sao Bernardo . FOTO: JOAO GODINHO / O TEMPO

O policial militar que atirou contra um jovem de 18 anos no bairro São Bernardo, na região Norte de Belo Horizonte, foi liberado na madrugada desta quinta-feira (1º). A Justiça Militar entendeu que o PM agiu em legítima defesa, uma vez que a vítima apontou uma arma, que posteriormente foi identificada como sendo de brinquedo, contra a corporação.

Mesmo com a liberação do profissional, a investigação sobre o caso continua. “A arma foi recolhida e um processo interno foi aberto”, contou o comandante do Batalhão das Rondas Táticas Ostensivas Metropolitanas (Rotam), tenente-coronel Carlos Alberto do Sacramento.

Ainda segundo o comandante, o policial vai ter acompanhamento psicológico, que é procedimento de praxe, e, por enquanto, ficará afastado das ruas trabalhando no setor administrativo. “Ele tem cinco anos de corporação e nada que desabone a sua conduta. É um excelente profissional”, disse Sacramento.

O tenente-coronel destacou que o militar só efetuou o disparo depois que o jovem, que teria problema mental, apontou a arma em direção dos policiais. “Recebemos a informação que tinha um homem com arma em punho andando pelas ruas do bairro. Ao encontrar com a viatura, ele não respeitou à ordem de jogar a arma no chão e, por esse motivo, houve o tiro”, disse o comandante.

Ainda na versão dele, a vítima foi socorrida imediatamento pelos próprios militares e encaminhado ao Hospital Risoleta Tolentino Neves. Em relação às armas de brinquedo que foram encontradas dentro de uma caçamba, ainda não há informações sobre a origem delas.

Ainda de acordo com Sacramento, o jovem já tem uma passagem pela polícia por dano ao patrimônio.

Estado de saúde

O homem atingido no peito pelo policial passou por uma cirurgia na noite dessa quarta-feira (30). Conforme a assessoria de imprensa do hospital, o estado dele é estável, ele não corre risco de morte, mas não tem previsão de alta.

Protesto

Após a confusão entre os policiais e o jovem, vândalos incendiaram um ônibus da linha 2402 (São Bernardo / Nossa Senhora da Glória) como forma de "protesto" contra a ação da polícia. Motorista, trocador e passageiros foram obrigados a descer do coletivo. Por sorte, ninguém ficou ferido.

Algumas pessoas que participaram do ato de vandalismo foi identificados, mas ainda não foram localizados.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave