Tiago Splitter brilha e Spurs faz 3 a 2 no Mavericks

Na noite dessa quarta-feira, a equipe bateu o rival texano por 109 a 103. O sexto duelo será nesta sexta, em Dallas

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Brasileiro marcou 17 pontos e bateu o seu próprio recorde em partidas de playoffs
Reprodução Facebook Spurs
Brasileiro marcou 17 pontos e bateu o seu próprio recorde em partidas de playoffs

O San Antonio Spurs aproveitou-se do fato de atuar em casa, voltou a ficar na frente na série diante do Dallas Mavericks e agora está a uma vitória de avançar às semifinais da Conferência Oeste dos playoffs da NBA. Na noite de quarta-feira, a equipe contou com grande atuação de Tiago Splitter para derrotar seu rival texano por 109 a 103, em mais um jogo equilibrado deste confronto. O sexto jogo acontecerá nesta sexta, em Dallas. O Mavericks esteve irreconhecível durante quase todo o jogo e o Spurs perdia a chance de abrir larga vantagem, mantendo-a em nove, dez pontos. No último quarto, Dirk Nowitzki finalmente acordou e recolocou os visitantes no jogo. Foi aí que um herói improvável apareceu pelo lado do time de San Antonio. Apenas no último quarto, Splitter marcou nove pontos, deu quatro assistências e pegou seis rebotes, ajudando a garantir a vitória. O brasileiro terminou com 17 pontos, seu recorde pessoal em jogos de playoffs, e 12 rebotes, além de cinco assistências. Tony Parker também apareceu nos momentos finais e terminou como cestinha da equipe, com 23 pontos, sendo nove no último período. Tim Duncan ainda contribuiu com 16 pontos e 12 rebotes, enquanto Manu Ginóbili, jogador mais regular do Spurs na série, terminou com 19 pontos. Pelo lado do Mavericks, Nowiztki terminou com 26 pontos e 15 rebotes, mas esteve apagado até o último período, quando marcou 14 pontos. Monta Ellis contribuiu com 21 pontos, mas o destaque ficou por conta de Vince Carter, que anotou 28 pontos vindo do banco e foi o responsável por manter o time no jogo nos três primeiros quartos. Ainda pela Conferência Oeste, o Houston Rockets impediu que o Portland Trail Blazers fechasse a série ao vencer por 108 a 98, em casa. Mas a situação segue complicada para o time texano, já que o Blazers precisa de apenas uma vitória para avançar e fará a sexta partida em casa, nesta sexta. Foi a primeira vitória em casa do Rockets nestes playoffs, mas a equipe suou para triunfar. Depois de um início relativamente tranquilo, no qual abriu boa vantagem, o Rockets viu o Blazers encostar no terceiro período e chegar a ficar a dois pontos no último. Então, Jeremy Lin decidiu ofensivamente e Dwight Howard parou LaMarcus Aldridge para definir a vitória. Destaque dos primeiros jogos da série, Aldridge teve sua pior atuação, anotando apenas oito pontos. Mesmo assim, Damian Lillard (26 pontos, oito rebotes e sete assistências) e Wesley Matthews (27 pontos) mantiveram o Blazers no jogo. Mas Dwight Howard (22 pontos e 14 rebotes), Jeremy Lin (21 pontos) e Chandler Parsons (20) garantiram o triunfo. No outro jogo da noite, o Toronto Raptors conseguiu vitória emocionante sobre o Brooklyn Nets, por 115 a 113, em casa, e lidera a série por 3 a 2. A equipe chegou a abrir 26 pontos de vantagem, levou um susto, mas agora precisa de uma vitória para avançar nos playoffs. O sexto jogo acontecerá em Brooklyn, na sexta. Com Kyle Lowry inspirado, o Raptors começou com tudo e levou o jogo como quis até o final do terceiro quarto, quando chegou a ter 26 pontos de frente. Aos poucos, o Nets foi tirando a vantagem até empatar a três minutos para o fim. Greivis Vásquez e Lowry fizeram o time de Toronto abrir novamente. Alan Anderson com uma jogada de quatro pontos (arremesso de três pontos mais falta) recolocou os visitantes na partida. Mas já era tarde e a derrota estava sacramentada. Lowry igualou sua melhor marca na carreira ao anotar 36 pontos e conduziu a vitória do Raptors, que ainda contou com os 23 pontos de DeMar DeRozan. Pelo Nets, destaque para Joe Johnson, que fez grande segundo tempo e terminou com 30 pontos. Mirza Teletovic saiu do banco para anotar 17. Os playoffs da NBA terão sequência nesta quinta-feira com três partidas. Em vantagem por 3 a 2, o Atlanta Hawks recebe o Indiana Pacers podendo fechar a série com uma vitória. Mesma situação do Memphis Grizzlies, que elimina o Oklahoma City Thunder em casa se triunfar. Já o Golden State Warriors recebe o Los Angeles Clippers atrás por 3 a 2 e precisa vencer para sobreviver.

Leia tudo sobre: Thiago SplitterSpursMaverickNBA