Corinthians faz três em Manaus e avança na Copa do Brasil

Jogando na Arena Amazônia, que será palco da Copa, Timão venceu com facilidade e pode pegar o América na próxima fase

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

M - COPA DO BRASIL/NACIONAL AM E CORINTHIANS - ESPORTES - Jogadores do Corinthians entram em campo com capacete em homenagem ao piloto Ayrton Senna durante a partida entre Nacional AM e Corinthians SP válida pela Copa do Brasil 2014 no Estádio Arena Amazônia em Manaus (AM), nesta quarta-feira (30). 30/04/2014 - Foto: EDMAR BARROS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
M - COPA DO BRASIL/NACIONAL AM E CORINTHIANS - ESPORTES - Jogadores do Corinthians entram em campo com capacete em homenagem ao piloto Ayrton Senna durante a partida entre Nacional AM e Corinthians SP válida pela Copa do Brasil 2014 no Estádio Arena Amazônia em Manaus (AM), nesta quarta-feira (30). 30/04/2014 - Foto: EDMAR BARROS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Sem muitas dificuldades, o Corinthians conseguiu nesta quarta-feira a classificação à terceira fase da Copa do Brasil. Na lotada Arena Amazônia, um dos estádios da Copa do Mundo, em Manaus, o time alvinegro derrotou o Nacional por 3 a 0 e avançou sem a necessidade do jogo de volta, que seria no próximo dia 14, por ter feito mais de dois gols de diferença.

Na luta por uma vaga nas oitavas de final, o Corinthians terá pela frente o vencedor do confronto entre Bahia e América-MG, que começarão o duelo na semana que vem, em Belo Horizonte. Por causa da paralisação da Copa do Mundo, o time alvinegro só voltará a atuar pela Copa do Brasil no final de julho.

Em campo, o Corinthians resolveu liquidar o jogo nos primeiros 20 minutos. Com o gramado em ótimo estado de conservação e espaços dados pela defesa do Nacional, os jogadores corintianos imprimiram um bom toque de bola e chegaram com facilidade ao ataque.

O resultado disso apareceu logo aos seis minutos. Em uma cobrança de falta pela direita, Jadson cobrou no meio da área e a bola chegou limpa para a cabeça do zagueiro Cleber, que a colocou no canto direito do goleiro Jairo. Aos 21, foi a vez do volante Bruno Henrique roubar a bola na intermediária e, da entrada da área, chutar forte para o gol. Jairo espalmou para a frente e Guerrero, de bico, acabou com um jejum que já durava mais de três meses.

Para o segundo tempo, com o objetivo de se poupar por causa da longa viagem para Manaus, o Corinthians voltou mais acomodado e administrou com tranquilidade o resultado. E foi beneficiado por uma falha grotesca do goleiro Jairo que, aos 17 minutos, não segurou um chute rasteiro de Romarinho e levou um frango.

Depois disso, o time alvinegro não criou mais nada de especial no ataque e ainda sofreu um pouco na defesa, que não é vazada há seis jogos.

FICHA TÉCNICA

NACIONAL 0 x 3 CORINTHIANS

NACIONAL - Jairo; Amaral, Índio, Rodrigão e Jeferson Recife; Denis, Negretti e Eder (Carlinhos Bala); Chapinha (Luciano), Léo Paraíba e Fabiano. Técnico: Sinomar Naves.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Uendel; Ralf, Bruno Henrique, Petros (Guilherme) e Jadson (Zé Paulo); Luciano (Romarinho) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes.

GOLS - Cleber, aos 6, e Guerrero, aos 21 minutos do primeiro tempo; Romarinho, aos 17 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Denis (Nacional); Fagner e Petros (Corinthians). ÁRBITRO - Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE). RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Arena Amazônia, em Manaus (AM).

Leia tudo sobre: corinthianscopa do brasilclassificadonacionalamazoniafutebol