Dirigentes exaltam investimo feito no time e apostam em título

Gilvan de Pinho Tavares e Alexandre Mattos enalteceram Dedé e Dagoberto e presidente disparou: "Vamos ganhar essa Libertadores”

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Gilvan está inclinado a cumprir contrato com o BMG até o fim
Washington Alves/VIPCOMM
Gilvan está inclinado a cumprir contrato com o BMG até o fim

A permanência do Cruzeiro na Libertadores, com pitadas de drama e superação, deixaram os dirigentes celeste empolgados. Após o jogo vencido pela Raposa por 2 a 0, na casa do Cerro Porteño-PAR, o presidente Gilvan de Pinho Tavares 'profetizou' que o tri será alcançado, e, junto com o diretor de futebol Alexandre Mattos, enalteceu investimento feito no time.

Mattos destacou que o resultado no Paraguai refletiu os esforços da diretoria em montar um elenco de primeira, com jogadores que podem decidir uma partida e conquistar títulos. Desta vez, Dedé e Dagoberto, que custaram milhões aos cofres celestes, deram o retorno que deles se espera.

“É manter o que está sendo feito, é uma unidade. Estamos falando isso, que independentemente do que acontecesse aqui hoje (quarta-feira), a base está bem feita. Nós fazemos acontecer o planejamento. Porque investimos tanto no Dedé, no Dagoberto?! Está aí a resposta. Na hora que precisa eles resolvem. E principalmente a torcida, os que estiveram aqui e os oito milhões que ficaram lá torcendo e dando todo o apoio”, disse o diretor, que foi endossado pelo mandatário.

”Contratamos jogadores para isso, para ganhar títulos de expressão. O Dagoberto era um sonho da torcida, é um jogador que faz a diferença e hoje fez de novo. O Dedé, nem se fala. Era o zagueiro mais pretendido do futebol mundial na época. Trouxemos para isso”, arrematou.

Gilvan esbanjou confiança na equipe estrelada, acreditando que depois que o Cruzeiro conseguiu superar tantas adversidades nas oitavas de final, deu um passo enorme rumo ao título. Além disso, ele pontua que nas próximas fases, a Raposa jogará em campos que favorecerão seu futebol técnico.

”De agora para frente, as coisas começam a melhorar, inclusive em questão de estádio. Vamos enfrentar clubes melhores, mas em estádios melhores, que dão condições para o Cruzeiro mostrar seu futebol. Agora sim, a torcida pode ter esperança que demos um passo largo e decisivo rumo ao título. Vamos ganhar essa Libertadores”, disparou.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposalibertdoregilvanalexandre mattos