O ‘Eu acredito!’ está de volta

Atlético ainda aposta no reencontro do técnico Levir Culpi com a Massa nesta quinta no Independência

iG Minas Gerais | Fernando Almeida e Thiago Prata |

Vai ferver. O caldeirão alvinegro promete ser um diferencial para o duelo de hoje contra os colombianos
DENILTON DIAS / O TEMPO
Vai ferver. O caldeirão alvinegro promete ser um diferencial para o duelo de hoje contra os colombianos

Para o Atlético, tudo é mais difícil; tudo é conquistado depois de muita luta. Se neste ano a equipe não mostra toda a paixão da última temporada, a torcida fará de tudo para relembrar aos jogadores o espírito do “Eu Acredito!” para levar o Galo nesta quinta à vitória e à classificação diante do Nacional de Medellín-COL. O jogo está marcado para começar às 19h15 e tende a ter o Independência perto de sua lotação.

Mesmo com o time atleticano pouco eficaz em 2014, há motivos para a Massa voltar a entoar o mantra do último ano e passar a energia necessária para o Galo chegar às quartas de final da Copa Libertadores (veja a lista abaixo).

O objetivo primário de conquistar o bicampeonato do torneio sul-americano já é, claro, um ótimo motivo para fazer voltar a alegria ao vestiário atleticano, onde há novos ares com a chegada do técnico Levir Culpi. “Fico muito feliz (em reencontrar a torcida). Não tivemos uma conquista da magnitude da Libertadores. Mas a torcida e eu temos uma empatia”, disse o treinador do Galo.

Nas arquibancadas, os gritos dos cerca de 20 mil atleticanos que compraram ingressos deverão rememorar as viradas do Galo construídas em Belo Horizonte e que resultaram na conquista da América, além de pressionar positivamente atletas que têm potencial para crescer de rendimento como Ronaldinho Gaúcho, Fernandinho e Diego Tardelli.

“A torcida está acostumada a ver grandes jogadas do Ronaldo, gols meus e do Fernandinho. Vai cobrar sempre de quem pode render em campo. Queremos apagar essa imagem ruim e conseguir a vaga”, comentou Tardelli.

Se o ataque não está as mil maravilhas, a defesa vem mostrando eficiência. A dupla Otamendi e Leonardo Silva vem dando conta do recado, mas quem vem fazendo a diferença mesmo é o goleiro Victor, com seus milagres constantes.

Do banco, sai a força do trio Guilherme, Neto Berola e Marion, respectivamente o segundo, terceiro e quarto atletas que mais participaram de gols atleticanos em 2014, seja colocando a bola na rede adversária ou com assistência.

Para brilhar. O primeiro colocado nesse quesito é o artilheiro Jô, que não marca gols há três jogos – nos quais entrou em campo. Isso, porém, pode ser visto como algo positivo, já que, em 2013, o atacante não ficou quatro duelos sem balançar a rede. Ou seja, hoje é o dia de o artilheiro do Galo em 2014 voltar a encantar.

Salários

Tudo certo. Segundo a assessoria de imprensa, o clube quitou os salários atrasados, que estavam 15 dias fora do prazo. Outro fato revelado foi que Levir Culpi ainda não assinou contrato com o Atlético.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave