Tratamento de água é prometido para projeto

Regras para construção de estação de água foram apresentadas por gerente nessa quarta

iG Minas Gerais | Jáder Rezende |

Produção. Projeto Jaíba retira água dos rios São Francisco e Verde Grande para irrigar plantações
Gil Leonardi/imprensa MG/Divulgação – 07.02.2013
Produção. Projeto Jaíba retira água dos rios São Francisco e Verde Grande para irrigar plantações

Um estudo com todas as diretrizes necessárias para a implantação de uma estação de tratamento de água no Projeto Jaíba, no Norte de Minas, foi apresentado nessa quarta em audiência pública realizada na região pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Considerado o maior projeto de irrigação da América Latina, o Jaíba foi implantado no início da década de 50 entre os rios São Francisco e Verde Grande, e conta hoje com população estimada em 6.000 pessoas. Dos sete núcleos que formam o programa, cinco não contam com água potável. Todos estão localizados em Mocambinho, distrito do município de Jaíba.  

A nova estação foi sugerida pelo gerente executivo do Distrito de Irrigação de Jaíba, Marcos Braga Medrado. Ele contou que os moradores do projeto têm acesso a uma pequena quantidade de água clorada, sem o tratamento devido para o consumo humano, e são forçados a caminhar quilômetros para se abastecer na sede do município ou nos núcleos que são atendidos. O gerente garantiu que possui competência técnica para executar as obras e gerenciar o sistema. Ainda não há data para o início do tratamento.

A entidade representada por Medrado é privada, sem fins lucrativos, gerida pelos agricultores e tem por finalidade administrar a infraestrutura do projeto. A reunião contou com a presença de quatro deputados, que se comprometeram a pressionar os governos federal e estadual para arrecadar recursos e implantar o projeto.

Promessa. O prefeito de Jaíba, Enoch Vinícius Campos de Lima, informou que já existe um projeto para a implantação de um sistema de abastecimento de água no distrito de Mocambinho em processo de análise pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), em Brasília (DF). Orçada em R$ 5,4 milhões, a ação deverá ser aprovada ainda neste ano, segundo Lima.

O engenheiro de obras da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Cláudio Marques Dias, e o gerente da área de irrigação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, Marcos Antônio Egídio, lembraram que o serviço de abastecimento de água poderá ser executado somente por concessionária definida pelo município.

Saiba mais

Criminalidade. Conforme dados apresentados na audiência pública dessa quarta, 75% dos presos detidos na cadeia do município de Manga são da cidade de Jaíba. Cerca de 90% dos crimes estão ligados diretamente ao uso e tráfico de drogas e 93% dos delitos no projeto de irrigação envolvem pessoas que não moram na área.

Assaltos.  Seis assaltos ao banco cooperativo Sicoob – única instituição que mantém uma agência em Mocambinho – foram realizados somente neste ano. Até janeiro de 2015, deverá ser construído um centro socioeducativo para 40 jovens no distrito.

Proerd

Promessas. A Secretaria de Estado de Defesa Social também prometeu levar para o Projeto Jaíba o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) para combater o uso de entorpecentes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave