Instituto Mario Penna recebe equipamento para tratamento de câncer

Instituto ganhou um novo acelerador linear de última geração, cedido pelo governo federal, que vai beneficiar mais cerca de 600 pacientes ao ano no tratamento de radioterapia

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

O tratamento dos portadores do câncer foi ampliado nesta quarta-feira (30) com a aquisição de um aparelho para radioterapia pelo Instituto Mario Penna (IMP).  O secretario nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães entregou ao instituto um novo acelerador linear de última geração, cedido pelo governo federal. Este é o terceiro equipamento da unidade.

Com a nova aquisição será possível aumentar a capacidade de atendimento para mais cerca de 600 novos pacientes por ano. “Esse aparelho é utilizado na maioria dos pacientes para tratamento de câncer, então o benefício é enorme”, relatou o secretário.

O governo federal investiu R$ 4,7 milhões na aquisição, além de R$ 600 mil gastos com infraestruturas relacionadas. Além do aparelho fora adquiridos também recentemente um novo mamógrafo digital e um aparelho de ressonância magnética, utilizados para o tratamento de diversos cânceres.

“Mais um acelerador deve chegar ao instituto no segundo semestre. Além disso firmamos um compromisso de ajudar a  levar o atendimento do Mario Pena para regiões mais pobres do Estado como Vale do Jequitinhonha e Mucuri”, disse o secretário. Sobre o instituto O IMP atua desde 1971 na luta contra o câncer. O instituo é filantrópico e  composta pelos Hospitais Mário Penna e Luxemburgo, Casa de Apoio Beatriz Ferraz e Centro de Pesquisas. Cerca de 70% dos pacientes oncológicos da região metropolitana de Belo Horizonte atendidos pelo IMP são do Sistema único de Saúde (SUS).  

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave