Jovem é baleado no peito e moradores incendeiam ônibus no São Bernardo

Vítima teria transtornos mentais e brincava com réplica de arma quando foia tingida por disparo de militar do batalhão Rotam

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

Moradores do bairro São Bernardo, na região Norte de Belo Horizonte, incendiaram um ônibus na tarde desta quarta-feira (30). O ato foi em protesto contra o tiro que um policial militar deu em um adolescente com transtornos mentais.

Conforme o relato de uma moradora da rua Doutor Souza Gomes, por volta das 11h, um jovem, com aparente deficiência mental, brincava com uma arma de brinquedo, quando foi abordado por militares do batalhão Rotam. O jovem, que segundo essa testemunha teria idade entre 16 e 18 anos, brincava com a réplica de uma arma. O policial, então, teria pedido para que ele baixasse a arma, quando aconteceu o disparo.

A vítima teria sido atingida no peito e socorrida pela viatura da PM até o Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova.

A reportagem de O Tempo tentou contato com o Batalhão Rotam, mas o celular do comando não atendeu. Na central de operações, a resposta é que a ocorrência não foi atualizada no sistema.

Já o comandante do 13º BPM, tenente coronel José Carlos Felício, confirmou que um ônibus da viação São Bernardo (2402) foi totalmente incendiado, por volta das 14h20, na avenida Washington Luiz. Ainda segundo o militar, o fogo teria sido colocado por moradores e atingiu a fiação elétrica. A PM ainda faz rastreamento na região. Ninguém foi preso até o momento.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o rescaldo, e a Cemig para restabelecer a energia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave