Van da prefeitura de Formiga esquece cadeirante em hospital de BH

Após chegar ao hospital, às 6h de terça-feira (29), paciente de 14 anos está aguardando a van para buscá-lo até a manhã desta quarta

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Denilson, de 14 anos, e sua mãe estão no hospital desde 6h de terça-feira (29) e seguem aguardando a chegada do transporte municipal
Reprodução/Facebook
Denilson, de 14 anos, e sua mãe estão no hospital desde 6h de terça-feira (29) e seguem aguardando a chegada do transporte municipal

A Prefeitura de Formiga, na região Centro-Oeste do Estado, parece não estar se preocupando devidamente com as pessoas que precisam de tratamentos de saúde fora do município. Segundo denúncia recebida por O TEMPO, um morador da cidade de 14 anos, portador de necessidades especiais, foi esquecido juntamente de sua mãe por quase 24h no Hospital Sara Kubitschek, no bairro Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte.

De acordo com a mãe do garoto, Monalisa Maria de Oliveira Souza, de 50 anos, eles saíram da cidade às 4h da última terça-feira (29) e chegaram ao hospital às 6h para darem continuidade ao tratamento do filho, Denilson Henrique de Oliveira Souza. “O tratamento terminou às 13h e desde então fomos esperar a van. Liguei para os meus parentes e eles começaram a correr atrás da prefeitura, que só respondeu por volta das 22h30”, lembrou a mulher.

Segundo os parentes, após muita insistência eles foram informados que o motorista teria esquecido de buscar o paciente e o responsável pelo setor, que teria esquecido de colocar o paciente no relatório, não poderia fazer muita coisa por estar em uma festa da prefeitura. Com frio e em um local que não possui muitas opções de lanches para comprar, Monalisa foi orientada pela funcionária, identificada como Adriely, a tentar com a unidade de saúde um local para dormirem.

“Tive que insistir muito com o hospital para conseguir um quarto para a gente dormir, mas ele teria que ser liberado às 6h para os pacientes internados. A questão é que a prefeitura garantiu que às 7h30 teria uma van no hospital para nos buscar”, denunciou a mãe do jovem. Até as 10h50 desta quarta-feira (30), a mulher e o filho continuavam aguardando a van do lado de fora do hospital.

“Está ventando bastante, e ele fica incomodado. Ficou sentado ontem de 4h até 23h e, após dormir no hospital, acordamos cedo e ele já está sentado de novo há horas esperando. Tenho que ficar virando ele de lado para ficar mais confortável”, explicou Monalisa. O garoto faz o tratamento na capital há cerca de 5 anos, sendo que esta é a primeira vez que eles são esquecidos.

Ainda sem resposta

A Secretaria Municipal de Saúde foi procurada e disse que ainda não havia sido informada sobre o problema. Eles estão acionando o setor responsável pelo transporte dos pacientes e encaminharão uma nota. 

Leia tudo sobre: esquecidohospitalsaraformigasecretaria municipal de saúdepaciente