Delegados da Polícia Civil paralisam mais uma vez nesta quarta-feira

Policiais cruzarão os braços por oito horas desta quarta-feira (30); próxima paralisação será no dia 7 de maio e durará 12 horas.

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Paralisação de hoje deve durar quatro horas – das 14h às 18h
Lincon Zarbietti / O Tempo
Paralisação de hoje deve durar quatro horas – das 14h às 18h

Acontece nesta quarta-feira (30) mais uma das três paralisações programadas pela greve dos Delegados da Polícia Civil de Minas Gerais. Após pararem por quatro horas no último dia 23, os delegados cruzarão os braços por oito horas desta vez, entre 10h e 18h. O objetivo é pressionar o governo estadual a igualar a remuneração dos delegados, de R$ 7.747,50, com a dos defensores públicos, de R$ 16.022,96.

De acordo com Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindepominas), eles pedem a igualação do salário com os defensores pois ambas as classes fazem parte das carreiras jurídicas de Estado.O sindicato ainda denuncia que  os salários dos delegados em Minas estão entre os três mais baixos do País, sendo que atualmente o Estado tem menos de mil delegados na ativa.

Após a paralisação desta quarta, o próximo passo da greve acontecerá no dia 7 de maio, quando os delegados ficarão 12h sem trabalhar. No dia acontecerá uma nova assembleia da categoria, quando serão discutidas as estratégias do movimento. O sindicato informou que a maioria das delegacias ficará sem delegados, sendo que apenas as de maior relevância terão o profissional trabalhando durante a paralisação.

Estado

A Polícia Civil de Minas Gerais informou por meio de nota que está aberta ao diálogo com os delegados, além de afirmar que o funcionamento das delegacias não será alterado em função da greve, já que outros profissionais trabalharão normalmente. 

 

Leia tudo sobre: GREVEDELEGADOSSALÁRIOPARALISAÇÃOOITO HORASDELEGACIASMINAS GERAIS