Nove suspeitos de tráfico são presos

Polícia Civil prende grupos que agiam no Bandeirinhas, Capelinha e Teresópolis

iG Minas Gerais | Evandro Teles |

Quadrilhas agiam em diversos bairros de Betim
Nelson Batista
Quadrilhas agiam em diversos bairros de Betim

A Polícia Civil de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, apresentou nove suspeitos de integrar duas quadrilhas rivais de traficantes, que agiam nos bairros Bandeirinhas, Capelinha e Jardim Teresópolis.

De acordo com o delegado Vinícius Augusto de Souza Dias, os dois bandos movimentavam cerca de R$ 50 mil por mês na venda de cocaína, crack e maconha.

Os suspeitos Stefano Fernandes Lima Junior, de 29 anos, Leonardo da Cruz, 26, Tiago Gomide Nunes, 26, Edrieli Carla Morais Ferreira, 26, e Ricardo Henrique Silva Alves, 24, atuavam nas regiões do Bandeirinhas e Teresópolis. Já os suspeitos Igor Martins dos Santos, 25, Willian Max Louriano, 26, Fábio Alves dos Santos, 25, e Raiaty da Silva Dias, 25, agiam no Capelinha.

“Após dois meses de investigação, conseguimos desarticular parte dessas duas quadrilhas. No dia 16 de abril, ocasião em que efetuamos as primeiras prisões, apreendemos 500 gramas de cocaína, uma grande quantidade de pedras de crack e maconha, além de uma pistola 9 mm, de uso restrito das Forças Armadas”.

O delegado ainda disse que o bando do Capelinha, que se autodenomina ‘Família CPL’, vendia a cocaína em embalagem plástica preta. “Essa distinção de cor, segundo as investigações, seria para apontar o alto grau de pureza da droga que comercializavam. Os dois grupos tinham uma certa rivalidade e praticavam outros crimes, como roubos, para mostrar força”.

O delegado regional de Betim, Kleyverson Rezende, disse que as investigações continuam.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave