Homem é morto a tiros e tem os olhos e pedaço da língua arrancados

Ainda não há informações sobre a identificação da vítima, que tem aproximadamente 25 anos e é moreno

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Um crime cometido com requintes de crueldade chocou até mesmo os militares da 150ª Companhia do 35º Batalhão da Polícia Militar (PM), na manhã desta terça-feira (29), em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. Um homem, ainda não identificado, foi morto a tiros e teve os olhos e um pedaço da língua arrancados. 

Conforme as informações da PM, o corpo foi encontrado por volta das 7h30 desta terça-feira, na avenida Raul Teixeira da Costa Sobrinho, no bairro Boa Esperança. Assim que chegaram ao local os militares perceberam que se tratava de uma vítima de homicídio. 

Após a chegada da perícia da Polícia Civil (PC) ficou constatado que homem,  que não portava nenhum documento, tinha duas perfurações causadas por disparo de arma de fogo. Além disso, foi observada a crueldade do assassino, que arrancou os olhos e um pedaço da língua da vítima. 

Ainda de acordo com a PM, a vítima tem cerca de 25 anos, é moreno, e tem uma tatuagem no braço esquerdo escrita "Vida Loka". A polícia ainda não tem informações sobre a autoria ou motivação do crime, que será investigado pela delegacia de homicídios do município.