Alunos do Pronatec fazem protesto na UFMG

Eles reclamam por não terem recebido os recursos do benefício de R$ 9,70 para alimentação e transporte, repassados pelo governo federal

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Cerca de 300 alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) do governo federal que funciona na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) fizeram um protesto no campus Pampulha na tarde desta terça-feira (29). O grupo reclama que o benefício no valor de R$ 9, 70 diário não está sendo repassado para os alunos.

“Esse dinheiro vem do governo federal e serve para alimentação e transporte. Era para termos recebido o valor no início do mês e até hoje nada, com isso muitos alunos não estão indo as aulas”, contou uma das organizadoras do protesto Esmeralda Coelho, 49.

Ainda de acordo com os estudantes, os materiais didáticos para as aulas também estão atrasados. “Os livros só chegam depois que já tivemos as aulas”, reclama Paulo Emílio, 26. O grupo diz que já procurou o governo federal e que foi informado que o dinheiro já foi repassado para a UFMG.

“Nós fizemos o protesto hoje e não tivemos nenhum retorno. Queremos uma transparência e saber para onde foi esse dinheiro”, enfatizou Paulo Emílio. A reportagem de O TEMPO procurou a assessoria de imprensa da UFMG, que ficou de responder a demanda.

Sobre o Pronatec

O Pronatec é um programa do governo federal que oferece curso de qualificação no mercado de trabalho, principalmente para pessoas de alta vulnerabilidade social. O intuito é retirar essas pessoas da linha de pobreza com qualificação profissional para inserção no mercado de trabalho. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave