Heat 'varre' Bobcats, e Spurs empata série nos playoffs da NBA

Nesta terça-feira, mais três partidas dão sequência aos playoffs da competição de basquete dos EUA

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Imprevisíveis, os playoffs da NBA na temporada 2013/2014 tiveram mais três capítulos na noite da última segunda-feira. Talvez no mais esperado deles, o Miami Heat derrotou o Charlotte Bobcats, mais uma vez na casa do adversário, e garantiu a "varrida", fechando a série melhor de sete em 4 a 0. Já o San Antonio Spurs se recuperou da derrota de sábado e empatou a série com o Dallas Mavericks em 2 a 2. Por fim, o Atlanta Hawks voltou a vencer o Indiana Pacers fora de casa e lidera em 3 a 2.

No primeiro jogo da noite, o Bobcats até impôs dificuldade ao Heat no primeiro tempo, quando foi para o vestiário vencendo por dois pontos. Mas o principal jogador dos donos da casa, o pivô Al Jefferson, fez falta nos últimos dois quartos, LeBron James tomou conta do jogo e garantiu a vitória por 109 a 98 para o Miami Heat, que agora espera o vencedor do duelo entre Toronto Raptors e Brooklyn Nets para conhecer seu adversário.

LeBron foi o cestinha da partida, com 31 pontos, além de nove assistências e sete rebotes. Chris Bosh anotou 17 pontos, enquanto Dwyane Wade contribuiu com 15. Do lado do Bobcats, Kemba Walker chamou a responsabilidade na ausência de Al Jefferson e marcou 29 pontos.

Se o Heat definiu com facilidade a classificação, no Texas a situação está aberta. Em mais um jogo emocionante, decidido no último minuto, o San Antonio Spurs devolveu a derrota que havia sofrido em casa diante do Dallas Mavericks e venceu no domínio do adversário por 93 a 89, empatando a série e dependendo agora apenas de triunfos em casa para avançar.

O Mavericks começou melhor a partida, mas o Spurs arrancou no segundo período, que venceu por 32 a 13. No terceiro, a vantagem chegou a 20 pontos, mas aí os donos da casa reagiram e empataram. Os últimos minutos foram emocionantes. A menos de um minuto para o fim, Boris Diaw colocou os visitantes na frente com uma bola de três. No fim, Monta Ellis teve a chance do empate, mas errou a bandeja e viu a chance de vitória escapar.

Manu Ginóbili saiu do banco para ser o cestinha do jogo, com 23 pontos, enquanto Diaw contribuiu com 17 e Duncan, com 14, além de dez rebotes. O brasileiro Tiago Splitter anotou dez pontos e 12 rebotes. Pelo Mavericks, destaque para os 20 pontos de Monta Ellis e os 19 de Dirk Nowitzki. Um dos responsáveis pela reação no terceiro quarto, DeJuan Blair (12 pontos e 11 rebotes em 16 minutos) atrapalhou o time ao ser excluído do jogo por um chute no rosto de Splitter.

No outro jogo da noite, o Atlanta Hawks voltou a quebrar o mando de quadra do Indiana Pacers e se recuperou da derrota em casa de sábado ao vencer por 107 a 97 no domínio do adversário. Mesmo fora de casa, o time da Geórgia arrasou o líder da Conferência Leste na temporada regular e chegou a construir uma vantagem de 30 pontos para, depois, só administrar. O atropelamento resultou em uma cena pouco comum na NBA, quando os torcedores do Pacers passaram a vaiar o time.

Seis jogadores do Hawks anotaram mais de dez pontos, com destaque para os 20 do reserva Shelvin Mack e os 18 de Paul Millsap. Pelo Pacers, o melhor em quadra foi Paul George, que terminou com 26 pontos e 12 rebotes. David West, Lance Stephenson e George Hill marcaram 16 cada.

Os playoffs da NBA terão sequência nesta terça-feira, com três partidas. Perdendo por 3 a 1, o Chicago Bulls precisa vencer o Washington Wizards em casa para seguir vivo. Já o Oklahoma City Thunder recebe o Memphis Grizzlies com a série empatada em 2 a 2. Mesma situação do Los Angeles Clippers, que pega o Golden State Warriors em casa.

Leia tudo sobre: basqueteheatspursplayoffsnba