Santos está próximo de acerto com Renato, do Botafogo

Experiente volante tem contrato até 30 de junho, mas equipe da Estrela Solitária já avisou que não tem interesse na renovação e deve facilitar a liberação

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Satiro Sodre / Botafogo
undefined

O Santos deve assinar, ainda nesta semana, contrato por produtividade com Renato, que faz 35 anos em maio e está de saída do Botafogo. O volante é conhecido dos santistas, pela passagem vitoriosa pelo clube entre 2000 e 2004, e de Oswaldo de Oliveira, com quem trabalhou nas duas últimas temporadas.

Renato tem contrato até 30 de junho, mas o Botafogo já avisou que não tem interesse na renovação e deve facilitar a liberação. Ele foi oferecido ao Santos pelo seu empresário e o Comitê de Gestão designou o superintendente André Zanotta para encaminhar o acerto.

Desde a saída de Montillo para o futebol chinês, o Santos sente falta de um meio-campista experiente para comandar os jogadores mais novos e criar jogadas de qualidade para Leandro Damião, que está há quase um mês sem fazer gol. O último foi na vitória contra o Penapolense, na semifinal do Campeonato Paulista.

PRESSÃO - Com o fracasso na decisão do Campeonato Paulista diante do Ituano e o fraco início de Campeonato Brasileiro - empates contra Sport (1 a 1, na Vila Belmiro) e Coritiba (0 a 0, no Paraná) -, o Santos precisa da vitória contra o Grêmio, sábado à noite, na Vila Belmiro, para evitar que a crise se instale na Vila Belmiro.

A cobrança maior recai em Leandro Damião. O atacante é pressionado em razão dos R$ 42 milhões que o Santos terá de pagar ao fundo de investimentos Doyen Sports pela sua contratação e por causa de suas atuações apagadas. Como o jogo de sábado será na Vila Belmiro e o torcedor já perdeu a paciência, Oswaldo poderá poupar o atacante das vaias e deixá-lo na reserva diante do Grêmio.

Dos três desfalques do jogo contra o Coritiba, Arouca é o que tem maiores possibilidades de retornar no sábado. Na reapresentação do elenco ontem à tarde, no CT Rei Pelé, o volante fez exercícios na academia e treino de transição, com bola, no campo. Neto só treinou fisicamente e Mena ainda está em tratamento.

Leia tudo sobre: futebol nacionalcampeonato brasileirosantospeixe