Oficina que ensina a andar de bicicleta acontece em praça suja

Membros da oficina Escola Bike Anjo, que ensina pessoas que nunca andaram de bicicleta, fizeram a denúncia no Facebook

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Praça estava repleta de lixos na manhã deste domingo (27)
BIKE ANJO BH/DIVULGAÇÃO
Praça estava repleta de lixos na manhã deste domingo (27)

Em todos os últimos domingos de cada mês um grupo de ciclistas se reúne na praça Arnaldo Janssen, no bairro Santa Efigênia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, para a realização da oficina Escola Bike Anjo (EBA), que ensina pessoas que nunca montaram em uma bicicleta a usarem o veículo. Entretanto, neste domingo (27), o grupo teve que ensinar os alunos em uma praça repleta de lixos.

Segundo um post publicado na página do Facebook do projeto, a praça foi carinhosamente rebatizada como "Praça dos Ciclistas" pelo fato de uma ciclovia passar pelo local e, por isso, é usada como palco para as aulas. A oficina, que ensina pessoas que querem dar suas primeiras pedaladas,  também acontece em várias outras cidades do país.

“Nesta praça também se realizam duas feiras semanais: Feira das Flores, nas sextas, e Feira Tom Jobim, aos sábados. Infelizmente, as pessoas que organizam e participam destas feiras não tem o devido cuidado com o espaço que ocupam”, denunciou o grupo ao publicar as fotos do estado em que eles encontraram a feita neste domingo.

Ainda no mesmo post, o grupo afirma que este é o estado em que eles normalmente encontram a praça aos domingos em que as aulas são ministradas. “Belo Horizonte precisa que as pessoas tenham mais cuidado com o espaço público. Afinal, elas não deixam a própria casa nesse estado após uma festa, certo?”, finaliza o post do grupo.

Causa seria contrato expirado

Em contato com o chefe da seção de coleta da região Centro-Sul, João Cândido, O TEMPO foi informado que já estava previsto para a praça ser varrida nesta segunda pela manhã. “A questão é que havia um contrato para a limpeza da praça após as feiras, mas na semana passada esse contrato expirou e, por isso, a praça estava neste estado”, explicou.

Ainda conforme Cândido, o problema do contrato já está sendo solucionado. “Na próxima semana a praça será varrida no mesmo dia da feira, sem deixar qualquer sujeira para o dia seguinte”, garante o chefe da seção de coleta.