Jovem mata namorada e coloca a culpa no ex da vítima no interior de MG

Assassino, que assassinou vítima com golpes de facadas e pauladas, chegou a arrastar o corpo para o local onde o outro homem morava; comparsa também foi preso

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 24 anos foi preso após matar a companheira a facadas e pauladas, nesse domingo (27), em Ipaba, no Vale do Rio Doce. Após o homicídio, ao ser abordado, ele incriminou o ex-namorado da vítima.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo de Celimar Gomes foi encontrado dentro de uma barraca de uma área invadida na rua Natal, no bairro Paraíso. Ele apresentava várias lesões. Próximo a dona de casa estava uma placa com o nome do seu ex-companheiro.

Militares fizeram contato com os outros moradores do local e descobriram que realmente a barraca pertencia ao homem. Após rastreamentos na região, ele foi localizado, mas negou o crime. Horas depois, através de denúncias anônimas, a polícia descobriu que a mulher já tinha um outro namorado e conseguiu localizar Adequias Silva Reis nos arredores do local do crime.

Ao ser questionado, ele também negou o assassinato e perguntou se o ex da vítima não seria preso, uma vez que o corpo foi encontrado no local em que ele vivia. Além disso, o suspeito chegou a questionar se o outro homem ficaria muito tempo preso.

Durante a conversa com os policiais, Reis ficou nervoso e entrou em contradição. Em seguida, confessou o crime. No entanto, não esclareceu a motivação. O assassino confesso disse que contou com a ajuda de um amigo, Mateus Júnior Gomes, de 18, para matar Celimar. Os dois foram levados para a delegacia de Ipatinga, na mesma região.

O corpo da mulher deve ser sepultado nesta segunda-feira (28).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave