Levir Culpi conta com força do Horto para avançar na Libertadores

Para treinador, apoio da Massa atleticana fará a diferença na decisão contra o Atlético Nacional-COL, como ocorreu em 2013

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

DENILTON DIAS/ OTEMPO
undefined

No seu segundo jogo na volta ao Atlético, Levir Culpi já tem uma missão complicada. O Atlético terá de vencer o Atlético Nacional-COL, por dois gols de diferença para avançar às quartas de final da Copa Libertadores. No primeiro jogo, na Colômbia, o time perdeu por 1 a 0.

Após a derrota contra o Grêmio, Levir apontou várias situações deficientes na equipe, mas sabe que o Galo tem encontrado dificuldades para balançar as redes. O time voltou a marcar depois de quatro jogos. Para a quinta-feira, o treinador conta, principalmente com a torcida para reverter a vantagem dos colombianos.

“É uma dificuldade a mais. Mas vamos jogar com consciência. Vi um vídeo e estou analisando também o adversário. De boa qualidade, não é um time que não sabe jogar. Tem dois jogadores, inclusive, de muita qualidade técnica. Temos que tomar muito cuidado. Só que o time vai ter que atacar. Temos que vencer por uma diferença de dois gols. Nós temos que correr riscos. Mas se nós estivermos juntos... Eu acompanhei alguns jogos do Atlético no Independência, acho que é meio caminho para gente conseguir essa vitória”, disse Levir Culpi.

O treinador também comentou as substituições de Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli no duelo com os gaúchos. Ele falou sobre ritmo físico para justificar as mudanças.

Achava que os dois deviam sair. Tinham que imprimir um ritmo fisico maior. E os dois não estavam tendo aquela mobilidade suficiente para penetrar o adversário. Acho que isso até deu uma melhorada legal. Os jogadores que entraram foram bem. Mas isso é uma consequência. No próximo jogo é uma outra situação. No jogo de hoje, ficou desenhado um jogo de Libertadores, um time que deu a vida contra o Atlético. A equipe demorou a acordar. Não temos esse tempo para perder na quinta-feira.

De folga nesta segunda-feira, a equipe volta aos trabalhos nesta terça-feira, na Cidade do Galo.  

Leia tudo sobre: atleticogalolevir culpitecnicolibertadores