Júlio Baptista explica falta de comemoração após gol no São Paulo

Camisa 10 da Raposa lembrou que Tricolor Paulista o lançou para o futebol e, após anotar gol, evitou celebrar seu tento

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Júlio Baptista não comemorou gol que anotou diante do São Paulo, clube que o revelou para o futebol
Igor Coleho/Light Press/Textual
Júlio Baptista não comemorou gol que anotou diante do São Paulo, clube que o revelou para o futebol

O atacante Júlio Baptista saiu muito cedo do Brasil para jogar no exterior. Em terras brasileiras, o jogador despontou no São Paulo, clube que enfrentou o Cruzeiro, neste domingo, em Uberlândia, no estádio Parque do Sabiá, em partida da segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Autor do gol da Raposa no Triângulo Mineiro, no começo do segundo tempo, após cobrança de falta sem chances para Rogério Ceni, Baptista sequer comemorou o tento anotado. O motivo, o mesmo de outros vários jogadores com o clube revelador: respeito a quem o lançou para o mundo da bola.

“Cada um tem uma forma de expressar ou de comemorar. Tenho um respeito grande pelo São Paulo, que foi o clube que, praticamente, me projetou para o futebol. Então, por respeito eu não celebrei (o gol). Mas, o importante foi que o Cruzeiro fez um belíssimo jogo. Jogou muito bem. Infelizmente, no final da partida, saímos com um empate amargo. O importante é que fizemos um grande jogo”, disse o camisa 10 estrelado.

O próximo compromisso do Cruzeiro é diante do Atlético-PR, no próximo sábado, dia 3 de junho, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. A partida é válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.  

Leia tudo sobre: cruzeiroraposajúlio baptista