B.Boy mineiro marca presença no Tour da Taça em Porto Alegre

Jonathan Artur Canito mostrou toda a sua habilidade e técnica para os visitantes na capital gaúcha

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Jonathan Artur Canito, conhecido como Neguinho, mostrou sua habilidade em Porto Alegre
WEBREPÓRTER/JOSIAS PEREIRA
Jonathan Artur Canito, conhecido como Neguinho, mostrou sua habilidade em Porto Alegre

Em meio às várias atividades do tour da taça da Copa do Mundo, um momento em especial prende a atenção dos fãs. Embalados pela música oficial de um dos patrocinadores do Mundial, jovens misturam técnicas de dança de rua, entre eles o Hip Hop e o funk, ao samba e também a capoeira para demonstrarem suas habilidades em uma batalha de ritmos e muita entrega no palco.

Dentre os cinco dançarinos escolhidos a dedo pelo coreógrafo congolense Mechy Lamas, que visitou no último ano bailes, rodas de break e festas em favelas cariocas, está o B.Boy Jonathan Artur Canito, 20 anos, mineiro de Belo Horizonte.

Criado no Bairro Concórdia, onde foi apelidado de "Neguinho", o jovem deu seus primeiros passos no mundo do Hip Hop por meio do extinto grupo de dança Hebreus 11. Agora, pouco mais de oito anos depois, ele vive a maior experiência de sua vida. Até o dia 1º de junho, ele irá percorrer as 27 capitais brasileiras, apresentando, em cada uma, coreografias diferentes juntamente com seus outros companheiros de grupo.

"Eu estou muito feliz de fazer parte deste projeto, é um prazer imenso estar aqui. Queria falar para a galera daí (de Belo Horizonte), para meus amigos de dança, que continuem correndo atrás dos seus objetivos e que mantenham o foco", diz.

Jonathan deixou a capital mineira para correr atrás do sonho de viver do Hip Hop no Rio de Janeiro. Vindo de uma família humilde e morador de uma região carente, o dançarino encara o Tour da Taça como uma grande oportunidade de aprendizado e crescimento. Ele agora se prepara para matar as saudades dos amigos e da família nos dois dias em que a taça ficará exposta em Belo Horizonte.

"Nunca imaginei que um dia eu estaria aqui, trabalhando com dança, me mantendo por meio de um sonho que sempre tive . Para chegar até aqui foi fundamental tudo que eu vivi lá em BH. Tenho muita saudades de todos. O que fica são só as boas lembranças. Espero encontrar todos nestes dias que estarei lá", concluiu.

 

Repórter viajou a convite da Coca Cola

Leia tudo sobre: jonathan artur canitoneguinhobboy