Unilever bate o Sesi e conquista 9º título da Superliga

Equipe do Rio de Janeiro deu poucas brechas para as paulistas buscarem a reação na partida

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Após decisão disputada no Maracanãzinho, Unilever levantou seu nono título da Superliga Feminina
DVULGAÇÃO/CBV
Após decisão disputada no Maracanãzinho, Unilever levantou seu nono título da Superliga Feminina

O Unilever (RJ) conquistou neste domingo o seu nono título da Superliga Feminina de Vôlei. Em decisão disputada no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio, a equipe confirmou a sua hegemonia na competição ao derrotar o Sesi (SP) por 3 sets a 1, com parciais de 21/11, 21/12, 13/21 e 21/16.

Maior vencedor da Superliga Feminina, o Unilever disputou neste domingo a sua décima final consecutiva do torneio, mas pela primeira vez diante do Sesi, que eliminou o Osasco (SP), tradicional adversário do time carioca na decisão, nas semifinais.

Dirigido por Bernardinho, o Unilever entrou em quadra com Fofão, Sarah Pavan, Mihajlovic, Gabi, Juciely e Carol, além da líbero Fabi. Depois, o treinador promoveu as entradas de Bruna, Roberta Amanda e Régis.

No Maracanãzinho, o Unilever foi soberano no primeiro set. A equipe marcou os quatro primeiros pontos da partida, fez 7/1 e foi ao segundo tempo técnico em vantagem de 14/6 após um ace de Fofão. Assim, com facilidade, venceu por 21/11. O cenário não se alterou no segundo set, tanto que o Unilever logo abriu 3/0. E o time carioca fechou a parcial em 21/12 com um ace de Amanda.

O Sesi, porém, reagiu no terceiro set. O time paulista foi aos dois tempos técnicos com larga vantagem, vencendo por 7/1 e 14/4 ao se aproveitar dos vários erros de recepção do Unilever. Sem ser ameaçado venceu a parcial por 21/13 e forçou a realização do quarto set.

O Unilever, então, retomou o controle da partida, tanto que foi ao primeiro tempo técnico da parcial vencendo por 7/2, após um ataque da central Juciely. O Sesi ainda diminuiu a vantagem para 14/11, mas não conseguiu a virada e acabou sucumbindo ao time carioca, que venceu a parcial por 21/16 para fechar o jogo em 3 sets a 1, o que garantiu mais um título da Superliga Feminina ao Unilever.

Leia tudo sobre: voleisesiunileverrio de janeiro