Elas podem procurar por ajuda

iG Minas Gerais | Raquel Sodré |

A Organização Não-Governamental espanhola Fundación Anar lançou em 2013 uma campanha para incentivar crianças a denunciar a violência e o abandono. Um anúncio em pontos de ônibus exibe o rosto de uma criança séria, com a mensagem “Às vezes, os maus tratos infantis só são visíveis para crianças que os sofrem. Se alguém te machuca, ligue para nós e te ajudamos”.  

O texto é acompanhado do telefone para denúncia. A mensagem foi lembrada pela fundação anteontem, 25, data em que se celebra o Dia Internacional de Luta Contra os Maus Tratos Infantis.

Para a psicóloga clínica infantil Suzana Veloso Cabral, apesar de a opressão do agressor ser uma barreira, a mensagem direta à vítima pode ser eficaz. “Pode até ser que, de um modo geral, a criança acabe se submetendo à opressão, mas há tantas que fogem de casa. Então, acho que uma campanha dirigida às crianças, e que tenha monitoramento de adultos, pode ter efeitos positivos”. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave