Polo de joias terá um espaço

iG Minas Gerais | Helenice Laguardia |

O Gold City, um polo de joalherias com fabricação, seria instalado em Nova Lima. Agora, ele vai para o Fashion City Brasil, em Pedro Leopoldo. “As joias não podem ficar no shopping por questão de segurança”, diz o presidente mall, Gilson Amaral Brito.  

Mas o polo de joias será instalado em outra fase do empreendimento. “O centro empresarial deve ser o polo de comercialização”, explica o executivo.

A ideia, de acordo com Brito, é primeiro ordenar a comercialização para, num segundo momento, ordenar a fabricação de joias. “Hoje, quando um comprador de joias chega a Belo Horizonte, ele vai para onde?”, pergunta Brito. “Quando esse comprador chega em São Paulo, ele sabe: vai para a Líbero Badaró. Em BH não tem isso, então o Fashion City vai criar essa identidade”, afirma Brito.

Quando os fabricantes de joias vão para o Fashion City ainda não tem uma data definida. “Tudo depende de quanto esse desempenho melhorado deles vai permitir que eles acelerem. Eles têm o empreendimento dentro da fábrica deles, e, para abrirem mão do imóvel próprio para investir em outra região, é preciso ter um movimento que justifique”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave