Reformulação especial

“Fantástico”, atração dominical da Globo, inaugura neste domingo novo cenário integrado à redação e mais interativo

iG Minas Gerais | luana borges |

Novidade. Interatividade será uma das principais novidades no novo cenário do programa
Globo
Novidade. Interatividade será uma das principais novidades no novo cenário do programa

Há 40 anos no ar, é compreensível que o “Fantástico” busque se reinventar. Mas, de uns tempos para cá, diante de uma audiência em declínio, as mudanças têm sido mais frequentes. Desde que Patrícia Poeta deixou a apresentação do programa e entrou Renata Ceribelli, uma nova dança das cadeiras aconteceu. Saiu Zeca Camargo, entrou Renata Vasconcellos, que atualmente divide o comando do dominical ao lado de Tadeu Schmidt. Além disso, quadros estreiam e saem do ar a todo momento. Essa inquietação pode ser uma faca de dois gumes. Por um lado, o telespectador tem acesso a conteúdos variados; por outro, é mais difícil estabelecer uma identificação com o público. Afinal, a produção não tem uma cara bem definida. Na tentativa de inovar mais uma vez, a partir deste domingo, o “Fantástico” inaugura um cenário repaginado, interligado à redação e com novos aparatos tecnológicos. “O programa não está mudando. O que está mudando é o formato de apresentação. Tadeu e Renata vão poder conduzir a apresentação de qualquer espaço do cenário”, explica o diretor Luiz Nascimento.

O novo cenário ocupa uma área de quase 500 m². Nele, além de uma arena onde acontece a reunião de pauta, entrevistas e shows acústicos, há 26 estações de trabalho, seis ilhas de edição, duas salas de estar e um café. A ideia é mostrar ao telespectador o processo de produção do dominical ao longo da semana. Inclusive, as reuniões de pauta. “A redação não vai ser só um cenário. As pessoas vão viver conosco esse dia a dia e vão poder acompanhar até as questões que levantamos quando estamos fazendo uma reportagem”, especifica Renata. Por causa disso, a equipe de produção, acostumada a ficar atrás das câmeras, precisa lidar com o fato de aparecer na televisão a partir de agora. “A maioria não gosta de aparecer. O pessoal prefere ficar no bastidor mesmo, mas eles vão ter de se acostumar”, decreta Tadeu, aos risos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave