Características físicas ajudam o ator a viver vários personagens

iG Minas Gerais |

Os traços joviais e de bom moço reservam a Guilherme Boury uma boa dose de versatilidade quanto o assunto é a idade de seus personagens. Em “Chiquititas”, por exemplo, o ator já passou dos 30 anos, mas Junior tem pouco mais de 20. “Preciso estar a serviço do personagem. Aparentar menos idade sempre me ajudou muito. Engraçado é que o Junior passa por situações que eu já passei aos 20 e poucos anos. É quase uma volta no tempo”, conta.

Em “Poder Paralelo”, trama da Record exibida em 2009, com o auxílio de maquiagem e caracterização, Guilherme conseguiu passar pelas diversas fases vividas pelo maduro Pedro. Na opinião do ator, um dos papéis mais difíceis de sua carreira. “Na sinopse, Pedro tinha 16 anos e, na época, eu tinha 26. Foi um dos meus personagens mais complexos. Começou virgem e acabou a novela pai de família”, explica o ator. (GB)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave