Homenagem a Caymmi foi destaque no Carnaval de BH

iG Minas Gerais |

Caricato. O carnavalesco Geo Cardoso “virou” Dorival Caymmi no desfile do Baianas Ozadas
JÚLIA LANARI
Caricato. O carnavalesco Geo Cardoso “virou” Dorival Caymmi no desfile do Baianas Ozadas

Quem acompanha a reconstrução cultural do Carnaval de rua em Belo Horizonte conhece o Baianas Ozadas. Com apenas dois anos de vida, o bloco levou cerca de 30 mil foliões às ruas da cidade em 2014.  

Com o tema “Acontece que Eu Sou Baianas”, o desfile prestou homenagem ao centenário de Dorival Caymmi. Dez músicas do compositor foram adaptadas para ritmos de blocos afros da Bahia, como ijexá, samba-reggae e samba duro.

“Foi muito bonito. Ficamos emocionados de saber que a homenagem chegou até a família dele. Depois, dividimos o palco do Granfinos com a Alice Caymmi e ela estava muito feliz”, conta Geo Cardoso, fundador do bloco, que não se limitou ao tributo musical. Com bigode e cabelos brancos, o carnavalesco se transformou em Caymmi durante os dias de folia.

“Minha relação com Caymmi vem da infância. Minha avó adora cantar, e me apresentou as canções dele bem cedo”, lembra. Segundo Geo Cardoso, a música do poeta do mar reflete o “estado de espírito” que é ser baiano. “Sou um baiano, bem bairrista, que reside em BH. Para mim, ser baiano é quase uma filosofia de vida. E Caymmi foi o primeiro a levar o universo mítico da Bahia e o jeito de ser do baiano para o mundo”.

Geo lembra, ainda, o pioneirismo das composições que “entortaram” o samba e preconizaram a bossa nova. “Ele criou um jeito particular de fazer samba, que remete a ritmos do Recôncavo, como o samba de roda e a chula. O disco ‘Os Sambas’ é um momento inaugural da música brasileira”, pontua.

Para celebrar Caymmi, Geo Cardoso prepara um show acústico no dia 30 de abril. “Uma interpretação mais fidedigna, nada caricata”, explica. A apresentação acontece às 20h, no Casa Africa Brasil (rua 28 de Setembro, 476, Esplanada). Os ingressos custam R$ 10 e reservas podem ser feitas pelo telefone 3653-4244.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave