Robert Scheidt fica em quarto na Copa do Mundo de vela

A medal race foi disputada com ventos fortes, e Scheidt contou com uma boa largada, mas teve dificuldades

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A classe Star é a mais tradicional do programa da vela
Divulgação
A classe Star é a mais tradicional do programa da vela

O brasileiro Robert Scheidt encerrou a Copa do Mundo da classe Laser, realizada na cidade de Hyères, na França, na quarta colocação. Na medal race realizada neste sábado, o veterano de 41 anos foi o quarto a cruzar a linha de chegada e confirmou esta mesma colocação na classificação geral. O australiano Tom Burton foi o quinto na regata e ficou com o título.

A medal race foi disputada com ventos fortes, e Scheidt contou com uma boa largada, mas teve dificuldades no confronto com o holandês Rutger van Schaardenburg e o croata Tonci Stipanovic. A briga pelo título estava entre Burton e o neozelandês Andy Maloney, que liderava a competição mas viu seu concorrente ultrapassá-lo e acabou com o vice.

"Tive alguns momentos complicados no campeonato, principalmente pelas largadas, que foram difíceis para a Laser. No geral, a competição foi de ventos fortes, que já exigem mais do físico dos velejadores da Laser, e consegui manter uma boa média, tanto nessa situação como no vento fraco, o que mostra que estou bem preparado fisicamente", comentou o brasileiro.

A principal meta de Robert Scheidt no ano, no entanto, ainda está por vir. Em setembro ele vai para a Espanha, onde disputa o Mundial de Vela de Santander. Em agosto, participará do evento-teste para os Jogos Olímpicos do Rio, de 2016.  

Leia tudo sobre: velarobert Scheidtmarbrasilcopa do mundo de velafrança