Portuguesa empata com Santa Cruz na sua real 'estreia' na Série B

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Na sua verdadeira "estreia" no Campeonato Brasileiro da Série B, a Portuguesa empatou com o Santa Cruz, por 1 a 1, no Estádio do Canindé, na capital paulista, neste sábado à tarde, pela segunda rodada. Os dois gols saíram no segundo tempo e o resultado foi justo pelo que as equipes apresentaram em campo.

Este foi o primeiro ponto da Lusa, ocupando a 16.ª posição, esperando decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) sobre o abandono de campo contra o Joinville, na rodada de abertura. O Santa Cruz, que tinha empatado em casa, por 1 a 1 com o ABC, tem dois pontos, na 12.ª posição. Este jogo marcou a estreia do técnico Sérgio Guedes, que entrou no lugar de Vica, demitido após a estreia.

O primeiro tempo começou muito amarrado, com ambos priorizando a marcação. O Santa Cruz assustou, aos 16 minutos, no chute de bico de Léo Gamalho, defendido por Gledson. A Lusa melhorou a partir dos 25 minutos, quando passou a usar mais as laterais do campo.

Aos 34 minutos teve uma chance de longe de Coutinho que Tiago Cardoso espalmou por cima do travessão. A melhor oportunidade, porém, saiu aos 40 minutos, quando Eduardo cruzou na medida para o desvio de cabeça de Romão. Mas Tiago Cardoso fez grande defesa e mandou a bola para escanteio.

No segundo tempo, o time pernambucano voltou mais agressivo com a entrada do atacante Flávio Caça-Rato no lugar do apagado meia Raul. Mas a Lusa saiu na frente aos 17 minutos, com Rudnei, que tinha entrado pouco antes no lugar de Felipe Nunes. Após levantamento de Gabriel Xavier, Romão desviou de leve de cabeça e a bola sobrou no segundo pau para Rudnei. Ele ajeitou no corpo e bateu de perna direita.

A festa da torcida, porem, não durou muito. Aos 22 minutos, o visitante empatou. Após cruzamento de Oziel e troca de passes dentro da área, a bola sobrou para o chute seco de Caça-Rato. Depois disso, o jogo ficou movimentado e aberto. Nos últimos minutos, no entanto, os dois times preferiram segurar o empate. Valeu um ponto para cada time.

A Portuguesa vai jogar contra o Bragantino, dia 19, terça-feira, às 21h50, abrindo a terceira rodada em jogo isolado. O Santa Cruz vai receber, dia 2 de maio, sexta-feira, às 21 horas, no Estádio do Arruda, o Paraná Clube, que perdeu em casa para o Joinville, sexta-feira passada, por 3 a 2.

FICHA TÉCNICA:

PORTUGUESA 1 X 1 SANTA CRUZ

PORTUGUESA - Glédson; Régis, Gustavo, Djair e Eduardo; Diego Silva, Coutinho, Gabriel Xavier e Felipe Nunes (Rudnei); Vander (Laércio) e Romão (Luan). Técnico: Argel Fucks.

SANTA CRUZ - Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Rodrigo Fonseca e Zeca (Nininho); Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Raul (Flávio Caça-Rato), Carlos Alberto e Renatinho; Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Guedes.

GOLS - Rudnei, aos 17, e Flávio Caça-Rato, aos 22 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF). CARTÕES AMARELOS - Régis, Diego Silva, Rudnei e Eduardo (Portuguesa); Oziel (Santa Cruz). RENDA - R$ 38.030,00. PÚBLICO - 1.337 pagantes. LOCAL - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Leia tudo sobre: serie bportuguesasanta cruzestreiafutebol