Real Madrid goleia e segue na cola do líder Atlético

Time merengue aplicou 4 a 0 no Osasuna, com dois tentos de Cristiano Ronaldo, que se isolou na artilharia do campeonato

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Além dos recordes individuais, Cristiano Ronaldo quer títulos antes do Mundial
Reprodução/Facebook
Além dos recordes individuais, Cristiano Ronaldo quer títulos antes do Mundial

Em meio à disputa das semifinais da Liga dos Campeões da Europa contra o Bayern de Munique - o jogo de volta será nesta terça-feira na Alemanha -, o Real Madrid não desiste do Campeonato Espanhol e segue na luta pelo título junto com o líder Atlético de Madrid e o Barcelona. Neste sábado, pela 35.ª rodada, o time da capital recebeu o Osasuna e sem qualquer problema aplicou uma goleada por 4 a 0, no estádio Santiago Bernabéu.

Agora com 82 pontos e uma partida atrasada por fazer, o Real Madrid assume provisoriamente a segunda colocação, ultrapassando o Barcelona, que ficou com 81. O Atlético de Madrid está com 85. Os dois rivais do clube merengue jogam neste domingo e fora de casa - o catalão encara o Villarreal e o da capital enfrenta o Valencia.

Em campo, o Real Madrid comprovou a sua superioridade e não teve que se esforçar muito para ganhar de goleada. Logo aos seis minutos, o português Cristiano Ronaldo abriu o placar e deu mais tranquilidade ao time. A vitória elástica só foi obtida na segunda etapa, quando Cristiano Ronaldo (chegou aos 30 gols na artilharia, três a mais que Diego Costa), Sergio Ramos e Carvajal marcaram.

Com a derrota, o Osasuna segue seriamente ameaçado de rebaixamento. Ainda mais depois que o Getafe derrotou em casa o Málaga, por 1 a 0, e chegou aos mesmos 35 pontos do time de Pamplona. Ambos estão na "boca" da zona de degola - em 16.º e 17.º lugares, com três pontos a mais que o Valladolid, que abre a lista dos que hoje cairiam para a segunda divisão.

Quem não tem mais que se preocupar com isso é o Rayo Vallecano, que segue em boa fase e neste sábado ganhou do Granada por 3 a 0 mesmo fora de casa. Com 43 pontos, o time da região metropolitana de Madri subiu para a nona colocação e já pode atuar com mais tranquilidade nas últimas três rodadas da temporada.