Levir Culpi busca mudar marca negativa da Era Kalil

De 2009 para cá, técnicos estreantes no Atlético não tiveram sucesso na primeira partida; Roth venceu o jogo, mas foi eliminado da Copa do Brasil

iG Minas Gerais | Fernando Almeida |

Levir Culpi teve apenas dois treinos para preparar Atlético de sua reestreia
Divulgação/Facebook
Levir Culpi teve apenas dois treinos para preparar Atlético de sua reestreia
Durante a Era Kalil, os técnicos escolhidos pela diretoria do Atlético não foram abençoados com um bom resultado em suas estreias no comando da equipe alvinegra. O único a vencer foi Celso Roth, mas nem mesmo o triunfo por 3 a 0 contra o Vitória foi capaz de evitar a eliminação na Copa do Brasil 2009 nos pênaltis.   Levir Culpi fará a sua estreia como técnico com Alexandre Kalil como presidente do Galo neste domingo diante do Grêmio, em Porto Alegre, e busca mudar esta marca negativa para iniciar o seu retorno ao clube mineiro com o clima positivo esperado pela torcida.   O primeiro a abrir esta sequência ingrata foi Emerson Leão com a complexa missão de estar à frente do Galo já no clássico diante do Cruzeiro, no Torneio Verão 2009. Derrota por 4 a 2 - com dois gols de Tardelli para o Alvinegro - e a 'conquista' do minguado terceiro lugar da competição amistosa. A entrada de Celso Roth veio com um triunfo esperançoso, mas a eliminação para a Copa do Brasil 2009, nos pênaltis para o Vitória.   Vanderlei Luxemburgo assumiu no início de 2010 e não conseguiu passar de um empate com o América em 1 a 1 na estreia do Mineiro, que seria conquistado pelo Atlético diante do Ipatinga. Para apagar o fogo do Brasileirão colocado por Luxa, o escolhido foi Dorival Júnior, que viu o time atleticano perder para o Grêmio por 2 a 1 em sua primeira partida à frente do Galo.   Na mesma situação de Dorival, Cuca começou sua vitoriosa passagem no Atlético com derrota para o Botafogo por 2 a 1 na Sul-Americana - seria eliminado no jogo de volta, no Engenhão. Cuca só conquistou a primeira vitória após seis revezes, sendo um diante do arquirrival Cruzeiro, pelo Brasileirão; o alvo do treinador foi o Atlético-PR, triunfo por 1 a 0.   Para fechar a lista da Era Kalil, Paulo Autuori também não teve sorte em sua estreia, ficando empate sem gols contra o Minas Boca, na Arena do Jacaré; o início de uma passagem frustrada na Cidade do Galo.   Técnicos Era Kalil - Estreia Emerson Leão - Atlético 2x4 Cruzeiro (Torneio de Verão) Celso Roth - Atlético 3x0 Vitória (Copa do Brasil) Luxemburgo - América 1x1 Atlético (Mineiro) Dorival Júnior - Atlético 1x2 Grêmio (Brasileiro) Cuca - Atlético 1x2 Botafogo (Sul-Americana) Paulo Autuori - Minas Boca 0x0 Atlético (Mineiro)

Leia tudo sobre: atleticolevir culpiestreiasera kalil