Smartphones poderão ter jogos exclusivos

Apple e Google negociam para ter os melhores títulos primeiro

iG Minas Gerais |

São Paulo. Muito comum no mercado de consoles, a exclusividade de títulos para uma plataforma de videogames pode se tornar uma realidade também no mundo dos jogos em dispositivos móveis. Segundo reportagem do jornal norte-americano “The Wall Street Journal”, Apple e Google começaram a trabalhar com desenvolvedoras de games para que alguns dos melhores títulos dessas empresas cheguem primeiro a suas respectivas plataformas móveis – respectivamente, o iOS, do iPhone e do iPad, e o Android, presente em smartphones e tablets dos mais diversos fabricantes.

Segundo o jornal, ambas as companhias estão oferecendo às desenvolvedoras lugares cativos nas lojas de aplicativos em troca da exclusividade, embora nenhuma das empresas comente o assunto. A reportagem do “WSJ” afirma que, em agosto de 2013, a Apple tentou fechar um acordo com a Eletronics Arts para ter acesso exclusivo ao jogo Plants Vs. Zombies 2. No fim das negociações, a empresa de Tim Cook conseguiu a exclusividade do título, mas por apenas dois meses.

Para faturar. Os games têm sido uma das categorias mais lucrativas dentro das lojas de aplicativos da Apple e do Google. Em 2013, 18 entre os 20 apps mais populares da loja virtual da Apple, a AppStore, eram games. Além disso, com a exclusividade, Apple e Google tentariam adicionar um diferencial na busca por mais clientes para os smartphones e tablets com seus sistemas operacionais.

A disputa traz ainda outro capítulo. Com a exclusividade e a dedicação de desenvolvedoras para a criação de jogos em dispositivos móveis, a decadência dos anteriormente populares consoles portáteis, como o Game Boy e o Nintendo 3DS, ambos da japonesa Nintendo, pode acontecer de forma mais rápida. Desde que lançou o seu primeiro GameBoy, a companhia japonesa já vendeu mais de 300 milhões de aparelhos.

Flash

Campeões. Entre os aplicativos rentáveis, o jogo Candy Crush Saga foi o mais baixado em 2013, tanto na AppStore quanto por quem usa o Android.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave