E-book: 'Aspades ETs etc'

Primeiro romance de Fernando Monteiro, “Aspades ETs etc.” é relançado em formato e-book; Obra que mescla realidade e ficção homenageia o cinema

iG Minas Gerais | Carlos Andrei Siquara |

Autor. Fernando Monteiro diz que se despede do romance para voltar a se dedicar à poesia
Editora Cesarea
Autor. Fernando Monteiro diz que se despede do romance para voltar a se dedicar à poesia

Quando concluiu seu primeiro romance “Aspades ETs etc.”, o escritor e cineasta Fernando Monteiro encontrou na editora portuguesa Campo das Letras, em 1997, o interesse que não conquistou em outras casas do Brasil. Publicado primeiro lá, o título saiu aqui em 2000 e hoje encontra-se esgotado. Agora, com a recém-criada editora Cesárea, com foco em e-books, a publicação volta a circular nesse formato.

Centrada na história de um diretor de cinema português, chamado Vasco Aspades do Carmo, a narrativa, que recebeu elogios da crítica estrangeira e nacional, é desenhada a partir de elementos da linguagem cinematográfica. Monteiro recorda que naquele momento lhe interessava homenagear o segmento artístico que completava 100 anos.

“Algo unânime apontado pela crítica é que o livro era muito cinematográfico, não só em relação à forma, mas ao conteúdo cheio de citações. As pessoas identificavam que o autor tinha visto muitos filmes e de fato essa foi uma maneira que encontrei para homenagear o cinema que completava 100 anos. Não apenas a data me interessava, mas eu achava também relevante ressaltar como, especialmente, a partir da década de 1930, a literatura é influenciada pelo olhar apresentado por essa linguagem”, observa Fernando Monteiro.

Fragmentada, a ficção acompanha os passos de Aspades, entrelaçando vida e obra de maneira que o personagem parece existir fora das páginas. “Quando o poeta Alberto da Cunha Melo (1942-2007) leu o livro, ele chegou a achar que Aspades era real e ligou para um amigo nosso de Portugal para saber se o tal cineasta de fato existia. Depois disse que tinha ficado com vergonha de perguntar isso diretamente para mim”, conta o autor.

O jogo de verossimilhança arquitetado por Monteiro, mesclando sempre realidade e ficção, já deu margem para comparações entre a escrita dele e de outros escritores, como Roberto Bolaño (1953-2003).

Esse traço evidente na maneira como concebe simulacros se tornou uma marca deste e de outros trabalhos que se seguiram até o mais recente, “O Livro de Corintha”. Vencedora do prêmio Pernambuco de Literatura, a obra foi lançada no mês passado.

“Antes desse, em ‘A Múmia do Rosto Dourado’, por exemplo, eu me baseei em um arqueólogo russo que trabalhou no Rio de Janeiro. Mas como sua vida era muito misteriosa, eu criei uma história a partir daquelas brechas. A ideia de lacuna e simulacro é muito importante para a literatura que produzo”, afirma Monteiro.

Saiba mais

“Aspades ETs etc.”, deFernando Monteiro, será

lançado em e-book dia 29

(www.cesarea.com.br).

Preço: R$6,50.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave