Em três meses, R10 tem o mesmo número de substituições de 2012 e 2013

Em 2014, Ronaldinho Gaúcho ainda não conseguiu repetir as boas atuações das últimas temporadas

iG Minas Gerais | FREDERICO RIBEIRO |

Ronaldinho segue no Departamento Médico e terá que ficar na torcida por seus companheiros
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Ronaldinho segue no Departamento Médico e terá que ficar na torcida por seus companheiros

Ronaldinho Gaúcho não está bem e, em 2014, após apenas 11 partidas realizadas pelo Atlético, não conseguiu fazer uma grande exibição ainda. O reflexo de seu momento ruim dentro de campo pode ser visto nas vezes em que foi sacado da equipe. Foram quatro substituições entre fevereiro e abril deste ano.

Com isso, o jogador iguala o número de vezes que foi retirado do time no decorrer da partida durante as temporadas 2012 e 2013, inteiramente. Sua última substituição foi justamente contra o Atlético Nacional-COL, quando deixou o campo aos 39 minutos do segundo tempo.

Nos jornais da Colômbia, inclusive, Ronaldinho, apesar da idolatria local, foi criticado, sendo avaliado como um jogador que não ofereceu perigo para a defesa do Nacional de Medellín. Vale lembrar, porém, que dentre as outras oito substituições, algumas foram para preservar o jogador ou para, simplesmente, receber o aplauso do Independência, após atuações boas.

Confira as substituições de R10 no Galo, por ordem de tempo: Olimpia 2 x 0 Atlético - 2013 (20'/2ºT) Atlético 4 x 1 Tupi - 2013 (28'/2ºT) Atlético 3 x 2 Cruzeiro - 2012 (31'/2ºT) Nacional-PAR 2 x 2 Atlético - 2014 (37'/2ºT) Nacional de Medellín 1 x 0 Atlético - 2014 (39'/2ºT) Internacional 0 x 0 Atlético - 2013 (40'/2ºT) Figueirense 3 x 4 Atlético - 2012 (43'/2ºT) Zamora 0 x 1 Atlético - 2014 (43'/2ºT) Atlético 2 x 1 Independiente-COL - 2014 (43'/2ºT) Atlético 1 x 0 Vasco - 2012 (44'/2ºT) Cruzeiro 2 x 2 Atlético - 2012 (44'/2ºT) Grêmio 0 x 1 Atlético - 2013 (46'/2ºT)

Leia tudo sobre: atleticogaloronaldinhosubstituicoes