Ryan Giggs exibe orgulho por comandar o Manchester United

Galês assumiu o posto deixado por David Moyses, pediu para os jogadores darem alegria à torcida e estreia no banco contra o Norwich, sábado

iG Minas Gerais | Da redação |

Giggs comandará o Manchester United até a diretoria achar um outro nome
Divulgação/Man Utd
Giggs comandará o Manchester United até a diretoria achar um outro nome

Agora técnico interino do Manchester United, Ryan Giggs demonstrou orgulho por assumir a função e, na véspera da sua primeira partida no comando da equipe, revelou que pediu aos jogadores para que deem alegria aos torcedores, que vem sofrendo com uma temporada ruim do time.  Giggs, de 40 anos, se tornou técnico interino do Manchester United na última terça-feira, quando David Moyes foi demitido após deixar o atual campeão inglês apenas na sétima colocação no torneio nacional. A sua estreia na função será neste sábado, no Old Trafford, diante do Norwich.  O galês está sendo auxiliado pelos ex-companheiros Phil Neville, Nicky Butt e Paul Scholes e tenta estabilizar um time em crise. "É o momento de maior orgulho da minha vida", disse. "Eu tenho apoiado o Manchester United por toda a minha vida. Tem sido a maior parte da minha vida desde que eu tinha 14 anos quando eu assinei nas divisões de base. Estou orgulhoso, feliz, um pouco nervoso, mas assim como eu sou como jogador, eu mal posso esperar pelo jogo de sábado".  Ele revelou nesta sexta-feira quais orientações está dando aos jogadores. "Eu confio em vocês e sei que vocês são capazes de e ir lá e mostrar isso no sábado, dando algumas mensagem aos fãs", disse Giggs. "Entretê-los, marcar gols, fazer desarmes, jogar com velocidade, jogar com ritmo".  Giggs deve dirigir o Manchester United nas quatro últimas partidas do Campeonato Inglês, para depois ser sucedido por um treinador experiente. "Foi uma semana difícil para o clube e tem sido um turbilhão para mim, mas eu gostei", disse. "Tem sido diferente, caótico e eu ainda estou sentindo o gosto, como é o meu quarto dia na trabalho".  Com passagem pelas categorias de base do clube, Giggs fez parte da famosa "Classe de 92", time de juniores que ajudou a contribuir para grande parte do sucesso do clube sob o comando de Alex Ferguson, que se aposentou em 2013, depois de mais de 26 anos no comando do time.  Agora como técnico,Giggs revelou que vem sendo muito bem tratado pelos jogadores, inclusive com brincadeiras. "Onde você está indo estacionar? Como vamos chamá-lo?", afirmou. "Os jogadores têm sido ótimos e a reação nos treinamentos vem sendo boa. Eu apenas tentei fazer as coisas relaxarem, para que todos possam se divertir. Vamos ter um bom fim para o que tem sido um frustrante e decepcionante temporada".  Jogador mais vencedor do clube, pelo qual já disputou 962 partidas, Giggs ainda faz parte do elenco e poderia até se escalar. E ele comentou a situação. "Eu apenas me dei um contrato de cinco anos", brincou. "Eu não fiz muito esta semana, mas ainda estou envolvido como jogador também".

Leia tudo sobre: ryan giggsmanchester united