Jovem reclama de 'maconha de má qualidade' e leva tiro na cabeça

Caso aconteceu em Lagoa Santa na noite dessa quarta; traficante que vendeu a droga é o suspeito do crime; no momento da prisão, homem usava uma tornozeleira eletrônica

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um usuário de drogas de 23 anos foi baleado de raspão na cabeça, na noite dessa quinta-feira (24), em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, após reclamar com um traficante que a maconha vendida por ele era ruim. O atirador foi preso e a vítima não corre risco de morte.

De acordo com a Polícia Militar, Tiago Carlos de Moura Nascimento foi surpreendido em um bar do bairro Várzea. O suspeito, Moisés Batista Pereira, e o comparsa, identificado como Felipe Ventura da Silva, ambos de 23 anos, chegaram em uma motocicleta, invadiram o estabelecimento comercial, localizado na rua Nossa Senhora Aparecida,  e começaram a atirar contra o desafeto. Nascimento ainda pulou o balcão do bar para tentar se proteger.

“O Moisés atirou quatro vezes, mas apenas um disparos atingiu o Tiago de raspão. Ele chegou consciente no Pronto Atendimento Municipal (PAM) da cidade”, contou o soldado Anderson Moreira, da 181ª Companhia do 36º Batalhão.

Quando os militares chegaram à unidade de atendimento, a vítima contou que, em data anterior, ao adquirir a droga de Pereira reclamou que a “maconha estava malhada e ruim”. O jovem estava acostumado a comprar o entorpecente na mão do suspeito, mas na última compra não teria ficado satisfeito.

“Depois da reclamação, eles ficaram um tempo sem conversar, mas se encontraram ontem (quinta) por volta de meio-dia e iniciaram uma nova discussão. Na parte da noite, o Moisés chamou o Felipe para se vingar do outro homem”, explicou o militar.

Ainda segundo a corporação, ainda na briga durante o dia, Nascimento teria afirmado novamente que não gostava da droga de Pereira. O suspeito chegou a pegar um pedaço de pau para atingir a vítima, mas a briga foi controlada por outras pessoas que presenciaram a ação.

Após o jovem baleado contar a história, militares fizeram rastreamento na região e localizaram Pereira no bairro Vila Maria. Ao avistar a viatura, o traficante tentou fugir pulando muros de residências, mas foi capturado. O jovem resistiu à prisão e teve que ser controlado pelos policiais. Já o comparsa, Silva, não foi localizado.

“O Moisés e o Felipe já são conhecidos pelo envolvimento com o tráfico de drogas na região. Ao ser preso, o suspeito, que já foi preso pelo menos duas vezes, estava usando uma tornozeleira eletrônica”, disse o soldado Moreira.

O traficante foi encaminhado à Delegacia de Plantão de Vespasiano, também na Grande BH, onde a ocorrência foi encerrada. A vítima recebeu atendimento médico e foi liberada. Pereira pode ser indiciado por tentativa de homicídio.

Leia tudo sobre: DROGARECLAMAÇÃOLAGOA SANTA